Em dia conturbado, Corinthians faz 7 e avança às oitavas com show de Jadson

Do UOL, em São Paulo

  • Miguel Gutiérrez/EFE

    Corinthians se recuperou na Libertadores ao derrotar o Deportivo Lara por 7 a 2

    Corinthians se recuperou na Libertadores ao derrotar o Deportivo Lara por 7 a 2

O Corinthians garantiu uma vaga nas oitavas de final da Libertadores na noite desta quinta-feira com uma vitória por 7 a 2 sobre o Deportivo Lara, na Venezuela. Jadson foi o grande nome da partida, com três gols marcados diante do time venezuelano. Sidcley, Romero, de voleio, e Júnior Dutra, duas vezes, também marcaram para a equipe de Carille. Assista aos gols da partida.

O triunfo alvinegro foi alcançado em um dia conturbado para o clube. Carille está perto de deixar o comando da equipe depois de receber uma proposta milionária do Al-Hilal, da Arábia Saudita. O time árabe também fez uma sondagem pelo meia Rodriguinho.

Com o resultado obtido fora de casa, o Corinthians se recupera da derrota para o Independiente na última rodada da competição continental. O time brasileiro soma agora dez pontos no Grupo 7, contra sete do time argentino e seis do Lara.

O Millonarios, que ficou no empate por 1 a 1 com o Independiente em casa, é o lanterna na chave, com cinco pontos. A equipe de Carille receberá os colombianos em Itaquera na próxima quinta-feira e garante a primeira colocação com um empate. A equipe argentina mede forças com o Lara em casa no mesmo dia.

O Corinthians volta a campo no próximo domingo, pelo Campeonato Brasileiro. O adversário do time alvinegro será o Sport, em Recife. O duelo é válido pela sexta rodada e terá início às 16h (de Brasília).

O melhor: Jadson

Miguel Gutiérrez/EFE

O meio-campista continua brilhando na temporada e, sobretudo, na Libertadores. Com muita liberdade para criar durante o duelo com o Lara, Jadson sobrou e fez três gols. Dois foram marcados após conclusões perfeitas na área. O camisa 10 também mostrou categoria ao converter o pênalti no primeiro tempo.

O pior: Anzola

O lateral direito do Deportivo Lara cometeu dois pecados na partida contra o Corinthians. Com a incumbência de marcar Romero pelo lado do campo, Anzola deu espaços demais. Ainda no primeiro tempo cometeu um pênalti infantil em Rodriguinho.

Liberdade para os corintianos

Miguel Gutiérrez/EFE

Precisando da vitória para manter as chances de classificação, o Deportivo Lara se lançou ao ataque em busca do gol logo nos primeiros minutos. Dessa forma, os venezuelanos deram o contra-ataque ao Corinthians, que teve espaço para criar mesmo no momento de propor o jogo na Venezuela. Diante desse cenário, Rodriguinho, Pedrinho e Jadson ficaram na boa para criar no meio-campo e chegar à área para finalizar.

Corinthians abre o placar com Jadson

Foi em um desses contra-ataques que o Corinthians começou a resolver o jogo. Após uma rápida saída da defesa, Pedrinho recebeu em velocidade pela esquerda, avançou e serviu Jadson. O camisa 10 recebeu na área, cortou para dentro e chutou forte de perna esquerda. O chute colocado venceu o goleiro Curiel, que ainda viu a bola bater na trave antes de entrar.

Camisa 10 alvinegro faz mais um

Vinte minutos depois de abrir o placar no Estádio Metropolitano, o Corinthians marcou o segundo gol. Rodriguinho encarou a marçação venezuelana, driblou e acabou derrubado por Arzola na área. O árbitro marcou pênalti. Na cobrança, Jadson deslocou o arqueiro adversário e ampliou.

Lara esboça reação

Luis Robayo/AFP

Atrás no placar, o Lara enfim começou a assustar o Corinthians diante dos seus torcedores. Aos 45 minutos da etapa inicial, Reyes recebeu livre pelo lado esquerdo da zaga do Corinthians e soltou a bomba. A bola entrou no ângulo, sem chances para Cássio. Quatro minutos depois, Sierra quase empatou de cabeça, mas a bola saiu rente à trave.

Objeto atinge o goleiro venezuelano

Luis Robayo/AFP

Antes de Jadson cobrar o pênalti que deu o segundo gol ao Corinthians, o goleiro Curiel foi atingido por uma garrafa depois que um torcedor do próprio time presente atrás do gol atingiu o objeto no gramado. O jogo ficou paralisado por quatro minutos até o jogador se recuperar. Até o gramado precisou ser limpo antes do chute do camisa 10. Na etapa final, o duelo voltou a ser interrompido por 12 minutos por causa do mesmo motivo, quando Cássio defendia a meta. A partida só foi reiniciada depois de um reforço no setor.

Corinthians faz mais dois na etapa final

Luis Robayo/AFP

O time corintiano não deu chance para o Lara sequer sonhar com o empate na etapa final. Novamente na base da velocidade, a equipe brasileira foi às redes mais duas vezes. Jadson  marcou o terceiro em chute de primeira depois de subida de Sidcley. O lateral esquerdo deixou o seu em seguida, depois de mais um contra-ataque alvinegro no jogo.

Lara diminui, mas Corinthians faz mais três

Luis Robayo/AFP

Assim como aconteceu depois de abrir 2 a 0, o Corinthians relaxou no jogo e viu o Lara crescer. Dessa forma, os venezuelanos conseguiram marcar o segundo gol, com Hernández, que bateu de primeira sem chance para Cássio. Oito minutos depois, Romero, com um belo gol de voleio, fez o quinto. Júnior Dutra, que entrou no lugar de Jadson, fez mais dois gols e deu números finais à partida.

Artilheiro corintiano na Libertadores

Com os três gols marcados na Venezuela, Jadson chegou à marca de cinco gols na Libertadores, dos 11 que o Corinthians fez na competição continental. O meio-campista foi às redes em oito oportunidades na temporada e, de quebra, voltou a converter um pênalti depois de dois chutes desperdiçados em 2018, contra Ponte Preta e Palmeiras.

Vitória em meio a indefinições

Daniel Vorley/AGIF

O Corinthians voltou a vencer na Libertadores em meio a uma série de indefinições sobre saídas. O técnico Fábio Carille recebeu uma proposta milionária do  Al-Hilal, time da Arábia Saudita, e tem grandes chances de deixar o clube paulista. A equipe árabe ainda fez uma sondagem pelo meia Rodriguinho, que pode receber uma proposta nas próximas horas.

FICHA TÉCNICA

DEPORTIVO LARA 2 x 7 CORINTHIANS

Data: 17 de maio de 2018, quinta-feira
Horário: 21h30 (de Brasília)
Competição: Libertadores (5ª rodada da fase de grupos)
Local: Estádio Metropolitano de Lara, Cabudare, Venezuela
Árbitro: Andres Cunha (Uruguai)
Assistentes: Mauricio Espinosa e Nicolas Taran (ambos do Uruguai)
Cartões amarelos: Andreutti, Di Giorgi e Carillo (Deportivo Lara)

Gols: Jadson, aos dez e aos 31; Reyes, aos 45 minutos do primeiro tempo; e Jadson, aos seis, e Sidcley, aos 25, Hernández, aos 32, Romero, aos 40, e Júnior Dutra, aos 54 e aos 57 minutos  do segundo tempo.

DEPORTIVO LARA: Curiel; Anzola, Di Giorgi, Mendoza e Carrillo; Andreutti (Cardozo) e Sierra; Soto (Valderrey) (Vargas), Ramirez e Reyes; Hernández. Técnico: Leonardo González

CORINTHIANS: Cássio; Mantuan, Balbuena, Henrique e Sidcley; Gabriel e Maycon (Paulo Roberto); Pedrinho (Mateus Vital), Jadson (Júnior Dutra), Rodriguinho e Romero. Técnico: Fábio Carille

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos