Flamengo se complica e deve ter pedreira nas oitavas da Libertadores

Vinicius Castro

Do UOL, no Rio de Janeiro

  • AP Photo/Natacha Pisarenko

    Flamengo empatou com River por 0 a 0 e ficou com a segunda colocação no grupo

    Flamengo empatou com River por 0 a 0 e ficou com a segunda colocação no grupo

O empate por 0 a 0 com o River Plate-ARG, na última quarta-feira (23), complicou o Flamengo para a sequência da Copa Libertadores. Embora a vaga nas oitavas de final já estivesse garantida, o Rubro-negro precisava do primeiro lugar no Grupo 4 para tentar evitar o cruzamento com outros gigantes. A atuação ruim, no entanto, impediu isso. Assista aos melhores momentos da partida.

Agora, tudo leva a crer que os cariocas terão uma pedreira pela frente nas oitavas de final. Além de tudo, a decisão será fora de casa, já que o time terminou com dez pontos, na segunda colocação da chave, e abrirá a eliminatória no Rio de Janeiro.

Os primeiros colocados dos grupos - ainda há jogos a realizar - e possíveis adversários são Corinthians, Santos, Palmeiras, Grêmio, Cruzeiro, River Plate-ARG, Atlético Nacional-COL e Libertad-PAR.

O Corinthians só não ficará em primeiro no grupo se perder por 6 a 0 em casa, enquanto o Santos recebe o Real Garcilaso-PER para confirmar a liderança. São tropeços que, em tese, não devem acontecer. Por isso é possível dizer que a postura do Flamengo em Buenos Aires cobrou o seu preço.

Ao contrário das últimas três participações na Copa Libertadores, o Rubro-negro impediu a vexatória eliminação precoce. Por outro lado, faltou ambição de buscar um posto melhor ao time quando era necessário.

Agora, os cariocas terão de superar obstáculos complicados para avançar na principal competição do continente. O panorama ainda pode piorar. Pela campanha, ainda que avance fase a fase, a possibilidade de decidir com frequência fora de casa é considerável.

"A verdade é que queríamos os três pontos e o primeiro lugar. Saímos um pouco frustrados, pois buscamos sempre a vitória", ponderou o zagueiro Léo Duarte. "Não acho que faltou ambição. Mas erramos muito. Esperamos demais uma jogada individual e atacamos pouco. Sabemos que precisamos acertar isso. Fora de casa podemos ter apenas uma chance para decidir", encerrou o meia Everton Ribeiro.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos