Jair entende cobrança da torcida por "show" e pede reforços para diretoria

Samir Carvalho

Do UOL, em Santos (SP)

  • Marcello Zambrana/AGIF

    Treinador entende exigências da torcida, ma destaca objetivos alcançados

    Treinador entende exigências da torcida, ma destaca objetivos alcançados

Após o empate sem gols do Santos com o Real Garcilaso, do Peru, nesta quinta-feira, na Vila Belmiro, válido pela última rodada da fase de grupos da Copa Libertadores da América, a torcida vaiou bastante o time na saída de campo. O técnico Jair Ventura diz que entende a cobrança dos torcedores por vitórias com "show", com futebol mais bonito, mas não deixou de exaltar os objetivos alcançados pela equipe santista na temporada.

"A torcida tem toda a razão quando não conseguimos jogar bonito, mas temos alcançado os objetivos. Se o máximo não for suficiente para jogar bonito e conquistar os objetivos, vamos dar mais que o máximo para alcançar isso. Mas estamos vivos em três competições (Copa Libertadores, Copa do Brasil e Campeonato Brasileiro) e passamos em primeiro na fase de grupos da Libertadores", afirmou Jair ventura.

"Não estamos alcançando aquele futebol vistoso. Que bom que, com dificuldade ou não, o Santos está conseguindo alcançar seus objetivos. Queremos dar show. Vamos trabalhar para dar alegria para a torcida, não só para cumprir os objetivos. Não estamos aqui para esconder que a gente pode melhorar", completou.

Para alcançar estes objetivos e atender a exigência da torcida por "futebol bonito", Jair Ventura pediu reforços para a diretoria. O treinador, inclusive, lembrou que o presidente José Carlos Peres prometeu contratações em público nesta semana.

"A gente precisa de contratações, estamos perdendo jogadores (lesões). Vai ficando cada vez mais difícil. Não estou criticando a nossa diretoria, todos sabem que o grupo é enxuto. Não estou fugindo da responsabilidade, mas ou a gente enxerga as coisas bem óbvias ou finge que não vê", disse Jair.

"O presidente falou essa semana já. O Santos não está dividido entre comissão, diretoria e jogadores. Todos estamos juntos em prol do melhor do Santos. Lógico que o presidente quer dar reforços pra gente e o treinador vai sempre querer. Enquanto não vem, a situação financeira é delicada, nós vamos fazer o máximo", completou. 

O UOL Esporte apurou que José Carlos Peres se reuniu com Jair Ventura nesta semana e prometeu reforços, que só devem chegar na reabertura da janela de transferências internacional no meio do ano. Na conversa, o treinador também expôs que o elenco precisa de contratações. 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos