Daronco dá cartão ao atleta errado e é 'salvo' por assistente na Argentina

Do UOL, em São Paulo

  • Marcelo Endelli/Getty Images

Responsável por apitar o clássico argentino entre Racing Club e River Plate nesta quinta-feira (9), pela Copa Libertadores, o árbitro brasileiro Anderson Daronco acabou se confundindo e mostrando um cartão amarelo para o jogador errado. Sua sorte foi ter recebido auxílio da equipe de arbitragem, que corrigiu o equívoco — ao final, o River acabou tendo um atleta expulso. Os times empataram por 0 a 0.

No jogo de ida das oitavas de final da Libertadores, no estádio Cilindro de Avellaneda, Ponzio deu um carrinho em Saravia no último minuto do primeiro tempo. Daronco viu o lance, mas se confundiu e mostrou o cartão amarelo a Palacios — que em nenhum momento reclamou, talvez por saber que Ponzio já tinha amarelo.

O árbitro então foi cercado por jogadores do Racing, durante uma indecisão que durou pouco mais de um minuto. Em meio à confusão, Daronco colocou a mão no ouvido e recebeu informações no ponto eletrônico, provavelmente de um assistente ou do quarto árbitro da partida. Aí cancelou o amarelo a Palacios e deu a Ponzio, expulsando-o por ser o segundo.

Todos os integrantes da arbitragem no clássico argentino nesta quinta são brasileiros: Marcelo Van Gasse e Rodrigo Correa foram os bandeirinhas; Luiz Flavio de Oliveira, o quarto árbitro.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos