Presidente da Conmebol confirma final da Libertadores em Madri

Do UOL, em São Paulo

  • Agustin Marcarian/Getty Images

O presidente da Conmebol, Alejandro Domínguez, confirmou, na noite desta quinta-feira (29), que o segundo jogo da final da Libertadores, entre River Plate e Boca Juniors, será realizado no dia 9 de dezembro, às 17h30 (horário de Brasília), em Madri.

"Estamos dando um passe adiante, não se pode improvisar. Quero agradecer ao presidente da Espanha, Pedro Sanchez, ao Gianni Infantino [presidente da Fifa], ao Florentino Perez [presidente do Real] e a todas as cidades que manifestaram a intenção de sediar essa grande final, muito querida por nós. Quero agradecer a quem fez possível o jogo no domingo", afirmou em coletiva à imprensa.

A informação já havia sido publicada pelo UOL Esporte mais cedo nesta quinta-feira. A partida foi tirada da Argentina depois da confusão envolvendo torcedores do River Plate e o ônibus do Boca Juniors na chegada ao Monumental de Nuñez.

Alejandro Domínguez mencionou as cidades que manifestaram intenção de sediar a final. Cidades brasileiras se ofereceram à Conmebol sem consultar as autoridades policiais. Houve especulação de que o jogo poderia ocorrer no Qatar, mas isto não se confirmou.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos