UOL Esporte Liga dos Campeões
 
29/09/2009 - 15h21

No sufoco, Internazionale segura empate com Rubin fora de casa

A Internazionale arrancou um empate por 1 a 1 com o Rubin, nesta terça-feira, pela segunda rodada da fase de grupos da Liga dos Campeões. A equipe italiana sofreu grande pressão no final do jogo, quando ficou com um jogador a menos em campo. No entanto, mesmo com o sufoco, os nerazzurri conseguiram segurar o resultado.

Em sua estreia no grupo F, a Internazionale empatou sem gols com o Barcelona. Já o Rubin perdeu por 3 a 1 para o Dynamo Kiev. Os dois times buscavam a primeira vitória, e ela esteve mais próxima do clube russo. O clube italiano contou com a sorte e boas defesas de Júlio César para voltar para casa com um ponto.

No começo da partida, o Rubin partiu para cima da Internazionale. A pressão da equipe russa deu resultado aos onze minutos. Dominguez dominou lançamento longo de Bukharov, escapou de uma entrada de Samuel, driblou Lúcio e tocou na saída de Júlio César para marcar um belo gol.

Os donos da casa quase ampliaram aos 18, em uma cabeçada para fora de César Navas. A Internazionale só começou a sair do sufoco a partir dos 20. Em jogada pela direita, Mancini cruzou para Eto'o; o camaronês chutou e o goleiro Ryzhikov defendeu.

A Inter passou a atacar com mais qualidade e chegou ao empate aos 27. Maicon desceu com liberdade pela direita e cruzou para a cabeçada precisa de Stankovic. Os nerazzurri estiveram próximos de virar dois minutos depois em um chute de Balotelli que acertou o travessão. Pouco antes do intervalo, aos 45, Lúcio bateu cruzado para fora.

Na segunda etapa, as duas equipes demoraram um pouco para criar chances de gol. Aos 12 minutos, o Rubin assustou em uma finalização de Semak. Dois minutos depois, os campeões russos reclamaram de um pênalti em cima de Bukharov. O árbitro nada marcou.

A Internazionale viu sua situação se complicar aos 15 minutos. Balotelli chegou atrasado em uma dividida com Semak e cometeu falta; o atacante recebeu seu segundo cartão amarelo e, por isso, foi expulso. Com um jogador a mais, o Rubin pressionou a defesa nerazzurra até o fim.

Aos 31, Ryazantsev fez boa jogada individual na entrada da área, passou por dois marcadores e bateu mal, para fora. O Rubin se animou; Júlio César rebateu uma falta cobrada com força por Dominguez aos 32. No minuto seguinte, Bukharov desperdiçou ao mandar para fora.

O Rubin esteve perto do segundo gol aos 35. Depois de uma cobrança de escanteio, Semak recebeu pela direita e finalizou com força; a bola bateu na trave esquerda de Júlio César. A defesa nerazzurra ainda evitou algumas jogadas perigosas do Rubin para segurar o empate.

Nesta terça-feira, Barcelona e Dynamo Kiev se enfrentam na Espanha, na outra partida da chave. A Internazionale tem dois pontos, contra um do Rubin.

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host