UOL Esporte Liga dos Campeões
 
20/10/2009 - 08h38

Kaká diz querer marcar contra o Milan, mas não vai comemorar gols

Nesta quarta-feira, será realizado um dos duelos mais aguardados da temporada, com o encontro entre Milan e Real Madrid, pela fase de grupos da Liga dos Campeões. Uma das estrelas do jogo, o brasileiro Kaká disse ter "gana" de vencer o ex-time, mas garantiu que não comemorará se marcar contra os milaneses.

  • Reprodução

    Entrevista de Kaká estampou o jornal espanhol Marca nesta 3ª

Kaká teve uma saída que desapontou os torcedores do Milan, já que fez inúmeras juras de amor ao clube. "É um jogo importante para mim, é a primeira vez que eu tenho que enfrentar meu ex-time e eu espero que seja uma grande partida", disse ele, em entrevista ao Marca. "Não vou comemorar por respeito à minha história e por tudo o que o Milan me deu. Mas, vou fazer de tudo para fazer tantos gols quanto for possível."

"Tenho muitas ganas, sou um profissional. E quero ganhar porque precisamos muito deste resultado", disse ele. O Real Madrid goleou o Zurich na primeira rodada, por 5 a 2, e também venceu com facilidade o Olynmpique, por 3 a 0. O Milan vem de uma vitória contra o Olympique, mas perdeu para o Zurich.

Sobre os adversários, Kaká apontou justamente os brasileiros como os mais perigosos e que tem de ter atenção do clube madrilenho. "Pato é um grande jogador, junto a Ronaldinho Gaúcho. São os adversários mais perigosos. Ronaldinho não está em seu melhor momento, não sei o que está acontecendo, já que eles não estão tendo o sucesso", afirmou ao diário espanhol, elogiando também o companheiro Cristiano Ronaldo, o "melhor jogador" com quem já jogou.

Apesar da saída, devido a uma proposta irrecusável do Real, Kaká espera não ter problemas com a torcida. "Acho que a recepção será boa, porque meu comportamento foi sincero", completou o jogador.

Sobre o duelo local com o Barcelona, ele disse não temer os rivais, que "não são invencíveis". Já questionado sobre o Milan, afirmou acreditar que os italianos ainda estão aquém do Real. "São duas grandes equipes, mas acho que o Real tem maior nível mundial, pela mobilização das pessoas em todo lugar, nos EUA, Japão, China."

No rival
Alexandre Pato também comentou a partida desta quarta-feira e disse estar ansioso em jogar na casa do Real. Ele afirmou ser um sonho em sua vida atuar no Santiago Bernabéu, e deve ser titular com Ronaldinho.

"Nunca joguei lá e será especial para mim. Sempre foi um sonho atuar lá e com um adversário tão forte como o Real", afirmou o atacante.

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host