UOL Esporte Liga dos Campeões
 
20/10/2009 - 18h42

Zico mexe, Olympiacos vira no fim e cola no Arsenal, que tropeçou

Gols nos acréscimos definiram a rodada do grupo H da Liga dos Campeões, nesta terça-feira. O Olympiacos escapou de tropeço em casa ao vencer o Standard, por 2 a 1, com gol aos 48min do segundo tempo. E a vitória teve interferência direta do técnico brasileiro Zico, que colocou o autor do segundo tento durante a partida. Com o resultado, a equipe grega encostou no líder Arsenal, que sofreu o empate do modesto AZ também aos 48min.

REAÇÕES APÓS GOLS NOS ACRÉSCIMOS

  • Simela Pantzartzi/EFE

    Atletas do Olympiacos vibram com gol de Stoltidis, que saiu do banco para marcar o tento da vitória

  • Bas Czerwinski/AP

    Goleiro Mannone, do Arsenal, lamenta gol sofrido aos 48min no empate com o modesto AZ em 1 a 1

Mesmo com a igualdade nesta terça, o Arsenal soma sete pontos e pode assegurar a classificação para as oitavas de final em casa já na próxima rodada, em partida no Emirates Stadium, contra o próprio AZ, no dia 4 de novembro. O Olympiacos também pode garantir a vaga antecipada caso vença o Standard em Liege, na Bélgica.

Assim como havia feito contra o Arsenal na estreia, o time belga deu trabalho aos gregos mesmo jogando em Atenas. O Standard conseguiu segurar a pressão inicial do Olympiacos e até criou suas chances no estádio Georgios Karaiskakis. Aos 37min, o brasileiro naturalizado belga De Camargo abriu o placar ao receber dentro da área e bater forte de direta.

Seis minutos depois, os comandados de Zico chegaram ao empate em jogada de bola parada. Em cobrança de falta de Luciano Galletti, Mitroglou desviou de cabeça e encobriu o goleiro Bolat, que ia sair do gol, mas ficou no meio do caminho.

No segundo tempo, o Olympiacos manteve maior posse de bola e criou mais jogadas ofensivas. A insistência deu certo e o time de Zico alcançou a segunda vitória na Liga dos Campeões, com gol de Stoltidis após cobrança de escanteio.

AZ 1 x 1 Arsenal
Em partida pouco movimentada, o Arsenal fazia apenas o necessário para obter a terceira vitória na Liga dos Campeões. No entanto, o time inglês levou gol no fim e apenas empatou com o AZ.

Na condição de mandante, o clube holandês bem que tentou se impor e teve até mais posse de bola do que o Arsenal no primeiro tempo (53%). Mas chegou pouco ao ataque, com apenas dois chutes a gol, e não conseguiu ameaçar a meta do goleiro Mannone na etapa inicial

O time inglês saiu na frente aos 36min com Fàbregas. Maior assistente do Arsenal na Liga dos Campeões, o meia espanhol foi às redes após boa troca de passes e cruzamento de Robin Van Pierse da esquerda.

Então lanterna da chave, o AZ permaneceu mais tempo com a bola no segundo tempo, mas encontrava dificuldades para chegar ao gol e arriscou apenas dois chutes, sem dar trabalho a Mannone. O Arsenal até arriscou mais, porém não conseguiu ampliar o marcador e tentou apenas administrar. Mas, em bobeira da defesa inglesa, o time holandês marcou um belo gol com Mendes, aos 48min da etapa final.

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host