UOL Esporte Liga dos Campeões
 
21/10/2009 - 07h01

'Galáctico', Kaká se reencontra com Milan em duelo de maiores campeões da Liga

Nesta quarta-feira, a Liga dos Campeões terá um de seus duelos mais esperados. No Santiago Bernabéu, às 16h45 (horário de Brasília), o Real Madrid recebe o Milan, pelo grupo C da competição. A partida, que já seria especial pela qualidade dos dois times, marca o reencontro de Kaká com seu antigo clube.

PARTIDA AGUARDADA NA LIGA
Heino Kalis/Reuters
Kaká prometeu que não comemorará caso faça gols no Milan na partida desta quarta
Damien Meyer/AFP
Ronaldinho espera consolidar recuperação com bom desempenho contra os Merengues
FOTOS DOS JOGOS DESTA TERÇA
QUIZ: REAL MADRID X MILAN
C. RONALDO: MESSI MERECE PRÊMIO
LEIA MAIS NOTÍCIAS SOBRE FUTEBOL
O meio-campista já deixou seu recado. "É uma partida importante para mim. É a primeira vez que eu enfrento meu ex-time e espero que seja um grande jogo. Não vou comemorar gols por respeito à minha história e por tudo o que o Milan me deu, mas vou fazer de tudo para fazer tantos gols quanto for possível. Quero ganhar porque precisamos muito deste resultado", disse o brasileiro.

O encontro no Santiago Bernabéu reúne dois dos clubes mais tradicionais do continente e favoritos ao título da Liga dos Campeões. Os times são os maiores vencedores do torneio: no total, são 16 títulos. No entanto, o início da temporada reservou realidades distintas a ambos.

Os Merengues investiram pesado na contratação de reforços. Foram gastos quase 260 milhões de euros para contar com estrelas como Kaká, Cristiano Ronaldo, Benzema e Xabi Alonso. Em campo, a equipe perdeu apenas uma partida, para o Sevilla, no Campeonato Espanhol.

Na Liga dos Campeões, o time espanhol também faz bonito. O Real Madrid lidera com folga o grupo C, após derrotar Zürich e Olympique de Marselha por 5 a 2 e 3 a 0, respectivamente. O confronto contra o Milan tem como objetivo comprovar a força da equipe diante de um adversário de maior porte - e também mostrar que não depende de Cristiano Ronaldo que, lesionado, desfalca o clube.

Já o Milan convive com atuações irregulares, pressão e cobranças em cima de seus jogadores. A equipe pouco investiu na contratação de atletas e ainda viu sua maior estrela ir para o Real Madrid.

Ronaldinho, que ocupou a vaga deixada por Kaká, foi vaiado pela torcida após a goleada sofrida pelos rossoneri no clássico contra a Internazionale. O camisa 80 foi criticado por torcedores ao ser flagrado em casas noturnas, frequentou o banco de reservas e, agora, parece recuperar seu bom futebol - ele fez um gol e deu a assistência para Pato marcar na vitória por 2 a 1 sobre a Roma pelo Campeonato Italiano.

Por falar na Série A, o Milan cumpre uma campanha discreta no torneio. Os rossoneri estão em oitavo lugar com 12 pontos, sete atrás da líder Internazionale.

Na Liga dos Campeões, o time italiano deu vexame na última rodada. Após derrotar o Olympique de Marselha fora de casa na estreia, o Milan foi surpreendido ao perder em pleno San Siro para o Zürich por 1 a 0, com direito a um gol de letra. Um novo revés diante do Real Madrid complicaria a situação da equipe na chave. Já um triunfo consolidaria a recuperação do clube.

Além de Kaká, Seedorf e Huntelaar se reencontram com seu antigo clube. O meio-campista e o atacante, hoje no Milan, querem provar seu valor naquela que já foi a casa deles. No confronto do Santiago Bernabéu, não faltarão motivos para fazer dele um jogo inesquecível.

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host