UOL Esporte Liga dos Campeões
 
03/11/2009 - 19h40

Nos acréscimos, Manchester empata e se classifica; Wolfsburg vence

Em uma grande reação, o Manchester United conseguiu reverter uma desvantagem de dois gols e, aos 47min do segundo tempo, conseguiu o gol que garantiu o empate por 3 a 3 com o CSKA Moscow. Além de aumentar para 23 partidas a invencibilidade em casa na Liga dos Campeões, o time inglês também assegurou a classificação para a próxima fase do torneio continental.

  • AP Photo

    Valencia voltou a ser decisivo e marcou o gol nos acréscimos

  • Reuters

    Mesmo com o brasileiro Bobô, Besiktas perdeu e se complicou

O grande herói da partida desta terça-feira foi o equatoriano Valencia, apontado como possível substituto de Cristiano Ronaldo. Depois de marcar o gol da vitória contra o CSKA, na última rodada, o jogador novamente balançou as redes, desta vez nos acréscimos, e impediu a derrota da equipe inglesa.

Foram esses dois gols do equatoriano, por sinal, que garantiram a classificação antecipada do Manchester United à próxima fase. Como o primeiro critério de desempate é o confronto direto, o CSKA, atual terceiro colocado, não conseguirá mais superar os atuais dez pontos dos ingleses e está atrás no placar agregado (4 x 3 para o Manchester).

Por outro lado, o CSKA Moscow permanece na briga com o Wolfsburg, que venceu nesta terça-feira o Besiktas por 3 a 0 e, além de chegar aos sete pontos, praticamente eliminou a equipe turca.

Mesmo no comando do CSKA por apenas um jogo, o técnico Leonid Slutski tentou surpreender o adversário e apostou em duas alterações em relação ao time que perdeu para os ingleses na última rodada da Liga dos Campeões: Aldonin e Mamaev substituíram Odiah e Rahimic.

Já Alex Ferguson, do Manchester, manteve o brasileiro Fábio no time, mas sacou Anderson. Rooney, que foi pai pela primeira vez nesta semana, também começou no banco de reservas. Por outro lado, além de Owen, a grande surpresa foi a entrada do jovem Macheda, que fez a sua estreia na Liga dos Campeões.

Com essa formação, o Manchester United conseguiu dominar o início da partida, mas se desestabilizou quando Dzagoev, aos 25min, abriu o placar para o CSKA após bela jogada. Quatro minutos depois, Owen empatou, mas os russos pularam à frente do marcador novamente aos 31min, desta vez com Krasic.

Os donos da casa apostavam em uma nova virada no segundo tempo, assim como já aconteceu contra o Wolfsburg, também pela Liga dos Campeões, mas foi o CSKA quem voltou a marcar. Aos 2min, Berezutski acertou boa cabeçada, mas Scholes descontou aos 39min e Valencia empatou aos 47min.

Apesar de o CSKA seguir na briga pela classificação, o time russo tem o Wolfsburg como principal concorrente. Nesta terça-feira, a equipe não contou com Grafite, que foi expulso na última rodada e cumpriu suspensão, mas mesmo assim conseguiu superar o Besiktas por 3 a 0, em partida realizada na Turquia.

Os destaques do jogo foram Misimovic, que marcou um belo gol para a equipe alemã logo aos 14min de jogo, Gentner, que ampliou aos 35min do segundo tempo, e Dzeko, que completou o resultado aos 42min.

Com mais este revés, o time dos brasileiros Bobô e Rodrigo Tabata, que estiveram em campo nesta terça-feira, permanece com um ponto e está praticamente eliminado da Liga dos Campeões.

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host