UOL Esporte Liga dos Campeões
 
18/02/2010 - 10h34

Autor de gol polêmico contra o Arsenal, Falcao diz que estava "atento"

Das agências internacionais
Em Londres (Inglaterra)

O Porto derrotou o Arsenal por 2 a 1 nesta quarta-feira, no jogo de ida das oitavas de final da Liga dos Campeões, graças a um gol polêmico. Radamel Falcao Garcia, que foi às redes ao aproveitar uma bobeada da defesa do time inglês, comentou sobre o lance.

“Estava muito atento. Sabíamos que podíamos jogar rápido e aproveitei para marcar”, disse o atacante do Porto. A jogada que decidiu a partida ocorreu no começo do segundo tempo.

Aos seis minutos, o goleiro Fabianski pegou com as mãos um recuo de Sol Campbell. O árbitro Martin Hansson marcou o tiro livre indireto; Rubens Micael cobrou rapidamente e Falcao tocou para as redes, enquanto o goleiro do Arsenal voltava para a meta.

O atacante considera que o Porto terá dificuldades para se classificar para a próxima fase. “Demos um primeiro passo importante, mas temos de lutar até ao fim na Inglaterra. O Arsenal é uma grande equipe e temos trabalhar muito”, comentou.

Varela, autor do primeiro gol do Porto, em outra falha de Fabianski, elogiou os companheiros pela agilidade no segundo gol. “"Foi um lance de inteligência do Ruben Micael e do Falcão”, analisou.

Do lado do Arsenal, o treinador Arsène Wenger criticou a atuação do juiz sueco – o mesmo do polêmico jogo entre Irlanda e França, no Stade de France, na repescagem da Copa do Mundo-2010. Naquela partida, Hansson validou o gol da classificação francesa na prorrogação, mesmo com o toque de mão de Henry na jogada.

“Foi melhor do que um pênalti. O árbitro deu um gol a eles. O recuo foi acidental. Quando você um defensor chutar com o dedão? A bola bateu em Sol Campbell e não foi intencional. É difícil entender como o juiz pode interpretar isso. Se você permite uma cobrança rápida, a apenas cinco metros do gol, como você pode se defender? Nunca vi isso”, afirmou.

Para o capitão Cesc Fàbregas, o lance mudou o panorama da partida. “Até eles marcarem, estávamos jogando bem, controlando o jogo e com chances de vencer. Após o segundo gol, ficamos um pouco chocados com o que aconteceu e eles se fortaleceram e nos pressionaram muito”, avaliou.

As duas equipes voltam a se enfrentar em 9 de março no Emirates Stadium.

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host