UOL Esporte Liga dos Campeões
 
06/04/2010 - 16h31

Após classificação, Jose Mourinho diz que Inter 'recuperou a confiança'

Do UOL Esporte
Em São Paulo
  • José Mourinho se transformou no único treinador a chegar a três semifinais da Liga dos Campeões com três clubes diferentes (Porto, Chelsea, Inter)

    José Mourinho se transformou no único treinador a chegar a três semifinais da Liga dos Campeões com três clubes diferentes (Porto, Chelsea, Inter)

O resultado de 1 a 0 diante do CSKA Moscow, nesta terça-feira, na Rússia, não representou apenas a classificação para as semifinais da Liga dos Campeões. Pelo menos não para o treinador da Inter de Milão, o português Jose Mourinho. Para ele, a vitória e o avanço para a próxima fase da competição fazem com que a equipe italiano recupere sua confiança para o restante da temporada.

“Chegamos a cinco vitórias consecutivas na Liga dos Campeões e alcançamos as semifinais de forma merecida. É uma mudança bastante significativa na história da Internazionale nos últimos anos, nesta competição. Agora nós podemos ganhar ou não, parar nas semifinais ou ir mais à frente. Mas passamos a ter confiança. Se não vencermos neste ano, faremos isso em breve, tenho certeza”, garantiu o treinador da Inter, que deixou a competição por três anos consecutivos (2007 a 2009) ainda nas oitavas.

Segundo Mourinho, mesmo em Moscou, o time demonstrou muita maturidade. “Demos um salto de qualidade. Gostei da forma que conduzimos a partida, mesmo podendo ter feito mais gols. Estamos jogando em três frentes [Campeonato Italiano, Copa da Itália e Liga dos Campeões], e se o Manchester United eliminar o Bayern seremos o único time a seguir em todas as competições”, afirmou.

Com o resultado desta terça-feira, Jose Mourinho passa a ser o único treinador a chegar em três semifinais da Champions League por três equipes diferentes (Porto, Chelsea e Inter de Milão). O português comentou o fato: “Nunca havia pensado nisso, mas alcançar uma marca como essa é sempre emocionante. São memórias que ficam para toda vida”.

Por fim, o técnico português admitiu que o futebol apresentado por sua equipe não foi dos melhores, mas destacou a capacidade de seus comandados para não oferecer riscos desnecessários ao CSKA, especialmente após o gol de Sneijder, logo aos 6min de jogo. "É verdade que não foi uma grande partida, mas o verdadeiro espetáculo hoje [terça-feira] era passar para as semifinais", completou.

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host