UOL Esporte Liga dos Campeões
 
25/08/2010 - 17h36

Ajax passa pelo Dínamo de Kiev na Liga dos Campeões; Gomes se machuca

Do UOL Esporte
Em São Paulo

Dois dos principais destaques da Copa do Mundo da África do Sul brilharam nesta quarta-feira na classificação do Ajax à fase de grupos da Liga dos Campeões. Na vitória do time holandês sobre o Dínamo de Kiev por 2 a 1 no Amsterdã Arena, pelo jogo de volta da terceira eliminatória da competição, o goleiro Stekelenburg salvou o time da casa duas vezes no primeiro tempo e o uruguaio Luis Suárez abriu o placar no finalzinho do primeiro tempo, em um lance de habilidade e oportunismo, quando só dava Dínamo no jogo.

Na equipe ucraniana, André, atacante da seleção brasileira, teve apenas quatro minutos para tentar resolver, quando o jogo já estava 2 a 1, e não conseguiu. Também da equipe de Mano Menezes, Gomes viu o seu Tottenham se classificar ao golear o Young Boys por 4 a 0 em casa, com três de Crouch, mas saiu de campo lesionado, no intervalo. Zilina, da Eslováquia, Kobenhavn, da Dinamarca, e Auxerre, da França, também se classificaram, todos jogando em casa nesta quarta-feira.

Ajax vence e se classifica

Um dia depois de o Braga surpreender o Sevilla e eliminar os espanhóis na casa dos adversários com dez brasileiros em campo, sendo sete titulares, o Dínamo de Kiev, também repleto de brasileiros no elenco, preferiu deixá-los no banco. Só Danilo Silva, ex-Internacional, começou jogando, como lateral direito. Na reserva estavam André (ex-Santos), Leandro Almeida (ex-Atlético-MG), Betão (ex-Corinthians), Guilherme (ex-Cruzeiro).

Com Shevchenko, terceiro maior artilheiro da Liga dos Campeões, no comando do ataque, o Dínamo foi superior durante todo o primeiro tempo e só não abriu o placar porque Stekelenburg estava em noite inspirada. Aos 19min, Gusev recebeu ótima bola pela direita da área e tocou cruzado no canto do goleiro, que fez excelente defesa com o pé. Depois, aos 33min, Danilo Silva desceu pela direita, chegou à linha de fundo e cruzou para trás. Yarmolenko bateu e o holandês pegou a queima-roupa.

O Ajax jogou pouco, mas conseguiu marcar no finalzinho graças ao talento de Luis Suárez. Aos 43min, De Zeeuw bateu falta de longe, a bola desviou no meio do caminho e o uruguaio, oportunista, mesmo em espaço curto, conseguiu driblar Koval e tocar para o gol, quase sem ângulo.

Apesar de ter ampliado a vantagem pré-existente com o gol marcado por Suárez, o Ajax voltou atacando mais na segunda etapa. Logo aos 5min, o uruguaio bateu falta de longe, com curva, e mandou a bola no ângulo de Koval, que se esticou todo para pegar.

O Dínamo não se recuperou do gol sofrido no finalzinho do primeiro tempo e pouco assustou Stekelenburg na segunda etapa, atacando com afobação. Já o Ajax teve tranquilidade e ampliou aos 30min. A equipe holandesa botou os ucranianos na roda e Sulejmani tocou para El Hamdaoui, então sumido da partida, marcar o segundo.

Quando o jogo já parecia decidido, Ninkovic, que entrara na segunda etapa, cavou falta na área do Ajax e o juiz deu pênalti. Shevchenko bateu com categoria, deslocou Stekelenburg e descontou. A partida pegou fogo, mas o time visitante tentou chegar ao gol pela bola aéra, ponto forte da defesa holandesa.

Outros jogos

O gigante Crouch foi o herói da classificação do Tottenham. Depois de perder por 3 a 2 do Young Boys, na Suíça, no jogo de ida do confronto, o time inglês fez valer o apoio da torcida, goleou por 4 a 0 e garantiu presença na fase de grupos da Liga dos Campeões. O grandalhão marcou três vezes, a última delas de pênalti. Defoe, também da seleção inglesa, fez o segundo gol da equipe.

A má notícia da partida foi a lesão do goleiro Gomes, convocado por Mano Menezes para período de treinos com a seleção brasileira em Barcelona. O terceiro goleiro do Brasil na Copa do Mundo deixou o jogo no intervalo, substituído por Cuducini.

Na França, o Auxerre conseguiu reverter a vantagem do Zenit, da Rússia e também se classificou. Logo aos 9min, Hengbart abriu o placar para os donos da casa. Depois, aos 8min do segundo tempo, Jelén fez o segundo e pôs o time francês muito perto da vaga, já que, na semana passada, o time russo vencera apenas por 1 a 0.

Na Eslováquia, o Zilina voltou a vencer o Sparta Praga, da Rep. Tcheca, agora por 1 a 0 (o jogo de ida fora 2 a 0) e vai disputar a Liga dos Campeões. Ceesay marcou aos 18min do primeiro tempo. No duelo mais equilibrado da noite, o Kobenhavn, da Dinamarca, venceu o Rosenborg, da Noruega, por 1 a 0 e também se classificou, já que havia perdido por 2 a 1 na terça-feira passada, marcando um gol fora de casa.
 

Placar UOL no iPhone

Hospedagem: UOL Host