Brasileiro sacramenta classificação do PSG na Liga. E não foi o Lucas

Do UOL, em São Paulo

O Bayer Leverkusen iniciou a partida com o Paris Saint-Germain nesta quarta-feira (12) com uma tarefa ingrata: descontar a vantagem de 4 a 0 que a equipe francesa havia conquistado no jogo de ida das oitavas de final da Liga dos Campeões. Agora jogando em casa, o PSG controlou o ímpeto do Bayer no início do jogo, venceu por 2 a 1, de virada, e se garantiu nas quartas.

O Bayer Leverkusen até tentou o feito inédito – nunca um time que perdeu por 4 a 0 em casa reverteu o placar na história da Liga dos Campeões – e começou a partida colocando pressão no PSG. Sidney Sam marcou de cabeça logo aos 5min e deu um pouco de esperança aos alemães.

Em um dos primeiros ataques do PSG, no entanto, a vantagem acabou. Aos 12min, em cobrança de escanteio, o zagueiro brasileiro Marquinhos acertou uma cabeçada no canto do goleiro Leno e empatou a partida. Foi o terceiro gol de Marquinhos em apenas sete jogos disputados na atual edição da Liga; o brasileiro já havia marcado contra Olympiacos e Benfica, na primeira fase.

Enquanto Ibrahimovic buscava marcar o seu – e quase conseguiu pouco tempo depois, acertando o travessão após tentar encobrir Leno –, o Bayer se esforçou para retornar ao jogo. Puxado na área, Derdiyok sofreu pênalti aos 26min da etapa inicial. Mas Simon Rolfes errou o chute, defendido por Sirigu.

O pênalti perdido abalou o Leverkusen, que pouco ameaçou no resto da partida. Aos 7min do segundo tempo, Lavezzi recebeu cruzamento e bateu no canto para marcar o gol da vitória do PSG. Depois, aos 16min da etapa final, deu lugar ao brasileiro Lucas, que começou no banco de reservas.

Com o jogo frio no fim do segundo tempo, o ex-são-paulino teve poucas oportunidades de se recuperar da má fase recente e buscar um lugar na seleção brasileira para a Copa do Mundo – segundo o próprio atacante, a Liga dos Campeões é o principal caminho para ele cravar um lugar na lista final de Luiz Felipe Scolari.

Marquinhos sobe, Lucas desce

  • FRANCK FIFE/AFP

    Mesmo sem ter atuado como titular em todos os jogos, o zagueiro Marquinhos já marcou três gols pelo PSG na atual edição da Liga dos Campeões e está atrás de apenas dois jogadores nas estatísticas de gols da equipe francesa: o artilheiro Ibrahimovic (10 gols) e o uruguaio Edinson Cavani (4). A boa fase do ex-jogador de Roma e Corinthians contrasta com o desempenho apagado de Lucas (foto), que completou seu 12º jogo pelo PSG na Liga dos Campeões (contando também a edição de 2012/2013) e ainda não marcou no principal torneio europeu. Ainda sonhando com uma vaga na equipe de Luiz Felipe Scolari para a Copa do Mundo, o brasileiro tem apenas três gols marcados, no total, com a camisa do PSG, e não balança as redes desde 23 de novembro.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos