Liga dos Campeões 2015/16

Jonas lamenta suspensão para o jogo de volta, mas não critica árbitro

Do UOL, em São Paulo

A missão do Benfica no segundo jogo contra o Bayern de Munique já não seria das mais fáceis com o artilheiro em campo, mas o time português terá que se esforçar em dobro para superar a ausência de Jonas, suspenso para o duelo de volta. O brasileiro pareceu insatisfeito com a arbitragem após a partida, embora tenha se recusado a comentar a decisão de Szymon Marciniak.

"Sobre a arbitragem eu não quero comentar nada", disse o jogador ao Sportv. O atacante cometeu falta sobre Arturo Vidal, autor do único gol na vitória magra do Bayern por 1 a 0, e foi punido com o cartão amarelo aos 13 minutos do segundo tempo. Até o momento, o atleta e o lateral esquerdo Eliseu são os únicos a terem atuado em todos os compromissos do Benfica na Liga dos Campeões.

Mesmo longe do confronto de volta, que ocorrerá no Estádio da Luz na próxima quarta-feira, 13 de abril, Jonas demonstrou confiança na capacidade técnica do Benfica para reverter o resultado negativo. "Estou triste por causa disso, mas tenho total confiança na minha equipe e no jogador que vai entrar. O treinador (Rui Vitória) vai preparar bem a equipe e quem entrar vai fazer uma grande exibição. Temos um elenco de 27 jogadores de qualidade que estão habituados a jogos decisivos", afirmou.

"Poderíamos ter saído com um resultado melhor, mas a eliminatória está aberta. Sabemos da dificuldade que é jogar aqui contra o Bayern, que tem de 60 a 70 por cento de posse de bola, mas nós criamos as oportunidades quando a tivemos. (…) Somos uma equipe organizada. Sofremos o gol cedo, mas mantivemos a tranquilidade e a organização para não sofrer mais", avaliou. Em jogada relâmpago, o chileno Arturo Vidal definiu a vitória alemã logo no segundo minuto do jogo. "Temos condições de fazer um bom jogo em Lisboa e, por que não, passar às semifinais", concluiu o brasileiro à rede portuguesa RTP.

UOL Cursos Online

Todos os cursos