Lucas celebra escolha pelo PSG e quer Liga para ficar entre tops da Europa

Do UOL, em São Paulo

  • AFP PHOTO / THOMAS SAMSON

    Lucas atravessa boa fase com a camisa do PSG nesta temporada

    Lucas atravessa boa fase com a camisa do PSG nesta temporada

O meia-atacante Lucas Moura não poderia estar mais feliz com a vida que leva em Paris. Há quatro anos na capital francesa, o ex-jogador do São Paulo está próximo de disputar pela quarta vez as quartas de final da Liga dos Campeões. E isso só faz o atleta ter mais certeza de que fez a escolha certa ao optar pelo PSG, preterindo o gigante inglês Manchester United.

"Foi um momento difícil em que tive que fazer uma escolha quando pensei que estava me juntando ao Manchester United. Eu pensei muito sobre isso, falei com a minha família e fiz minha escolha. Futebol é assim. Você precisa escolher um time", revelou Lucas, em entrevista ao jornal britânico The Telegraph.

Ainda segundo o brasileiro, o ex-jogador Leonardo, que era o diretor de futebol do clube francês na ocasião, foi o responsável direto por sua contratação, que rendeu 44,3 milhões de euros (aproximadamente R$ 108,34 milhões, na cotação da época) ao São Paulo.

"O fato de ter os brasileiros ajudou a minha escolha. Nós forjamos uma grande amizade entre nós e faríamos qualquer coisa para ajudarmos uns aos outros. Nós somos como irmão e isso realmente me ajudou. Mas Leonardo foi a chave."

Após ser eliminado nas três edições anteriores da Liga dos Campeões nesta etapa, Lucas acredita que esta é a melhor oportunidade para o PSG se firmar e entrar no seleto grupo dos clubes tops da Europa, em que estão Barcelona, Real Madrid e Bayern de Munique.

"Nós chegamos às quartas de final três vezes antes dessa, então precisamos ir adiante para mostrar que estamos evoluindo. Até aqui, nós temos feito tudo para chegar neste ponto e acreditamos que podemos ir e conquistar mais, obtermos nosso sonho. Acho que estamos muito mais fortes que na temporada passada. Será o jogo mais importante da temporada. Jogar a Liga dos Campeões é o sonho de qualquer jogador no mundo", avaliou Lucas.

No entanto, para atingir o feito, o PSG precisará superar o Manchester City, que chegou pela primeira vez a esta etapa da competição. Na visão do atleta brasileiro, a situação do clube inglês é bem semelhante à do clube francês, já que ambos foram adquiridos por proprietários milionários e buscam um título europeu para coroar um projeto ambicioso.

"Eles têm grandes ambições, assim como nós. Eles são similares a nós e também não venceram a Liga e estão desesperados para isso. Significa que poderá ser a quarta de final mais difícil que já enfrentamos porque isso será ainda mais duro para quem perder. É um jogo aberto que dependerá dos pequenos detalhes. Eu espero que a gente se saia bem", projetou o brasileiro.

Por fim, Lucas celebrou a continuidade que tem recebido do técnico Laurent Blanc na equipe titular. Para o brasileiro, ter a oportunidade de disputar jogos importantes mesmo estando em um elenco cheio de craques é motivo de orgulho.

"É muito difícil entrar nessa equipe. É por isso que, quando jogamos uma grande partida pela Liga dos Campeões, isso faz com que eu me sinta importante, porque eu ocupo uma posição em um time que tem grandes jogadores. É uma grande coisa para mim e também é muita responsabilidade. Eu ainda sou jovem, então isso é uma coisa magnífica. Eu tenho que continuar fazendo isso", concluiu o jogador de 23 anos. 

UOL Cursos Online

Todos os cursos