Liga dos Campeões 2015/16

Tapa na cara e entrada violenta: Messi se depara com "caçador" brasileiro

João Henrique Marques

Do UOL, em Barcelona

A cada comum escapada de Lionel Messi pela ponta direita do ataque do Barcelona, lá estará um feroz marcador do Atlético de Madri. Filipe Luis tem histórico duro contra o argentino, com tapa na cara e uma solada no joelho, entre várias discussões. O novo duelo é nesta terça-feira, às 15h45 (horário de Brasília), no jogo de ida das quartas de final da Liga dos Campeões, no Camp Nou.
 
O brasileiro já tem duas expulsões contra o Barça no Camp Nou. A última delas aconteceu neste ano, em jogo válido pelo Campeonato Espanhol – o time catalão venceu por 2 a 1 -, quando levantou a perna e acertou o joelho do argentino com a sola da chuteira. O lance é chocante e ficou marcado pela irritação do treinador do Barcelona, Luis Enrique, ao invadir o campo: "O que é isso?", gritou. A expulsão no primeiro tempo foi tratada como justa pelo brasileiro. O que o incomodou foram os três jogos de suspensão.
 
"Pegaria um jogo de suspensão e acabou. Mas é porque foi no Messi. Essa jogada acontece em todos jogos, mas ele é o protegido da imprensa, da Liga. Obviamente todo mundo não quer que um dos melhores jogadores de todos se machuque e perca a oportunidade de ver ele jogar. Por isso criou tudo isso", declarou Filipe Luis em entrevista ao Esporte Interativo um mês depois do confronto.
 
A rixa com Messi é antiga. O histórico tem até tapa na cara do argentino em partida válida pela final da Supercopa da Espanha, em 2013, no Camp Nou – jogou terminou 0 a 0, mas o Barça foi campeão pelo gol marcado fora de casa no empate por 1 a 1 -. O lance ocorreu na linha de fundo, após breve discussão entre os jogadores. Messi ficou visivelmente irritado com o ocorrido.
 
Ainda no mesmo jogo, pouco depois, Filipe Luis teve outro momento de surto ao acertar por duas vezes com os braços o compatriota Daniel Alves em disputa de posição, mas sem a bola. O lance originou o cartão vermelho ao lateral esquerdo da seleção brasileira.
 
Na temporada 2013/14, Filipe Luis ficou conhecido na Espanha como o principal marcador de Messi na temporada. O argentino estava encaixotado no sistema defensivo do Atlético de Madri e não marcou nenhum gol nos seis confrontos entre os clubes. A equipe de Diego Simeone saiu invicta após seis confrontos – uma vitória e cinco empates -, eliminando o Barça nas quartas de final da Liga dos Campeões e ainda conquistando o título do Campeonato Espanhol. 
 
Na temporada seguinte, Filipe Luis atuou pelo Chelsea. Já Messi liderou o Barcelona vencendo todos os quatro jogos contra o Atlético de Madri. No último confronto entre os clubes, foi o gol do argentino na vitória por 1 a 0 em pleno Vicente Calderón que deu o título espanhol ao Barça.
 
O duelo passado contra Messi alterou a fama de marcador implacável para violento. Filipe Luis agora tem nova chance para recuperar o prestígio.
 
"Eu sei que foi erro meu. Eu deixei meu time com 10. Fui para casa e não quis ler imprensa. Mas depois você fica sabendo que a imprensa disse que você é assassino, que foi criminosa a entrada", lamentou o brasileiro. 

Barça terá de suar sangue para passar pelo Atlético

  •  

UOL Cursos Online

Todos os cursos