Liga dos Campeões 2015/16

Barcelona espera retorno de Neymar "decisivo" em meio a críticas ao time

João Henrique Marques

Do UOL, em Barcelona

  • Manu Fernandez/AP

O momento do Barcelona é de decisão. E a expectativa é que Neymar evolua como na temporada passada. A imprensa catalã relembra o bom rendimento do brasileiro na reta final justamente com o time estando na mesma situação, quartas de final da Liga dos Campeões e últimas rodadas do Campeonato Espanhol.

"Neymar e Messi sempre aparecem na reta final", diz o título da matéria do jornal catalão Sport, na segunda-feira. A publicação lembra que Neymar fez 13 gols, nos 12 jogos finais da temporada. Messi fez 14.

Na temporada 2014-2015, Neymar tinha a essa altura três gols na Liga dos Campeões, assim como atualmente. Ao marcar sete vezes em quatro jogos (dois na partida de volta das quartas de final, três nas semifinais e outro na final), o brasileiro terminou a competição como artilheiro, ao lado de Cristiano Ronaldo e Messi.

Os cinco gols, nos seis últimos jogos, assim como o gol na final da Copa do Rei - Barcelona venceu o Athletic de Bilbao por 3 a 1 – também são destacados.

"Quem é craque gosta de decisão. Assim sempre foi com Messi, e agora já conhecemos o poderio de Neymar", destacou a reportagem do jornal catalão Mundo Deportivo.

Os textos dos jornais são carregados de críticas ao time. Individualmente, o rendimento de Neymar é elogiado com ressalva.

"O nível físico do time certamente está afetado. Neymar é um dos expoentes. Só que o brasileiro ainda demonstra vontade, otimismo e liderança ao agredir marcadores com a bola", comentou a reportagem do Sport intitulada "Cinco motivos para acreditar no Triplete" (títulos do Campeonato Espanhol, Copa do Rei e Liga dos Campeões. O trecho sobre Neymar está no tópico sobre o poder do trio de ataque com Messi e Suárez.  

As críticas

O estilo de jogo do Barcelona de Luis Enrique começa a sofrer as primeiras críticas da imprensa catalã na temporada. Lentidão, posicionamento errado de Messi, mau posicionamento defensivo, já são muitas teses que aparecem após derrotas para o Real Madrid e Real Sociedad.

"O círculo vicioso do padrão de jogo do Barcelona resultou em lentidão, passes previsíveis, adversários bem posicionados e dificuldade para encaixar contra-ataques", cita trecho de reportagem do Mundo Deportivo sobre o momento da equipe.

"Com Messi iniciando as jogadas, atrás mesmo de Busquets, o Barcelona passou a vê-lo tocar na bola duas vezes mais. O que seria bom se fosse feito algo próximo à área", criticou o jornal Sport.

UOL Cursos Online

Todos os cursos