Liga dos Campeões 2015/16

City vence PSG em Manchester, vai à semi da Liga e volta a fazer história

Do UOL, em São Paulo

O Manchester City está, pela primeira vez na história, em uma semifinal da Liga dos Campeões. O feito histórico aconteceu nesta terça-feira, ao lado de sua torcida, no estádio City of Manchester, após vencer o PSG por 1 a 0 com gol do belga Kevin De Bruyne – as equipes haviam empatado por 2 a 2 o jogo de ida, em Paris.

A classificação poderia ter sido mais tranquila, não fosse o pênalti desperdiçado pelo argentino Kun Aguero ainda no primeiro tempo. Mas o City, apesar da menor posse de bola, seguiu oferecendo mais perigo que o PSG, que só assustou em duas faltas de Ibrahimovic. Já aos 31min da etapa final, De Bruyne recebeu perto da área e marcou um belo gol para entrar na história.

O milionário time inglês nunca havia ido tão longe na principal competição de clubes do mundo. A chegada às quartas de final, justamente nesta edição, tinha até então garantido ao City a sua melhor campanha da história. Antes de 2016, a equipe nunca havia passado pelas oitavas.

O PSG, por sua vez, perde a chance de igualar sua melhor campanha. Em 1995, liderado pelo brasileiro Raí, ex-São Paulo, o time francês alcançou as semifinais da Liga dos Campeões (na época ainda chamada Copa dos Campeões), fase em que foi eliminado pelo Milan, da Itália.

O Manchester City se junta ao Real Madrid, que reverteu a vantagem do Wolfsburg, venceu por 3 a 0 (com três gols de Cristiano Ronaldo) no Santiago Bernabéu e também avançou. O sorteio das semifinais da Champions League acontece na próxima sexta-feira, às 7h (de Brasília). Benfica x Bayern de Munique e Barcelona x Atlético de Madrid definem nesta quarta os donos das outras duas vagas.

PSG ALCANÇA ATÉ 80% DE POSSE, MAS NÃO ASSUSTA

Paul Ellis/AFP Photo

Podendo empatar por 0 a 0 ou 1 a 1 para avançar às semifinais, o Manchester City (que até ameaçou uma pressão nos minutos iniciais) viu o PSG alcançar 80% de posse de bola ao longo da etapa inicial. Precisando de pelo menos um gol, o time francês tomou conta do jogo. Mas faltou agressividade na hora de construir as jogadas. Por conta disso, assustou pouco na etapa inicial, sendo a melhor chance em cobrança de falta. Ibra cobrou forte, e Hart fez ótima defesa, aos 16min.

CITY CONSEGUE PÊNALTI, MAS AGUERO DESPERDIÇA

Paul Ellis/AFP Photo
Já a equipe da casa, apesar da pequena posse de bola, conseguia levar até mais perigo que os franceses, especialmente em contra-ataque seguidos de finalizações do perigoso Aguero. E foi assim que teve uma chance de ouro para abrir o placar. O argentino invadiu a área sozinho, driblou Trapp e acabou derrubado pelo goleiro. Pênalti. Mas assim como fez Ibra no jogo em Paris, Aguero também desperdiçou a cobrança. Tirou demais do goleiro e finalizou para fora, aos 29min.

MUDANÇA FORÇADA NO PSG: BRASILEIRO POR BRASILEIRO

No fim da etapa inicial, já aos 43min, o brasileiro naturalizado italiano Thiago Motta sentiu uma lesão na coxa e precisou deixar o campo. Ele foi substituído pelo ex-são paulino Lucas, mudando assim totalmente o esquema do Paris Saint-Germain dentro de campo. Mais ofensivo, o time francês começou em cima dos ingleses e, logo no segundo minuto, Ibra, em mais uma cobrança de falta, soltou uma bomba e exigiu outra boa defesa de Hart. Mas não demorou para os donos da casa melhorarem e a partida ficar extremamente equilibrada: lá e cá.

BELGA DECIDE E COLOCA CITY NA SEMIFINAL

Andrew Yates/Reuters
Já aos 31min, o City chegou ao gol que finalmente tranquilizou seus torcedores no City of Manchester. Após troca de passes perto da área, De Bruyne recebeu, bateu com extrema qualidade de direita e mandou no canto esquerdo de Trapp, sem chances para o goleiro. Com o gol dos donos da casa, o PSG passou a precisar de dois gols para evitar a desclassificação. Mas não fez um sequer, e mais uma vez deu adeus à Liga dos Campeões.

UOL Cursos Online

Todos os cursos