Reforço de R$ 125 mi decide para o Napoli; Ex-SP faz golaço para búlgaros

Do UOL, em São Paulo

  • REUTERS/Valentyn Ogirenko

Contratado por 35 milhões de euros (R$ 125 milhões) para substituir Higuain no Napoli, o polonês Arkadiusz Milik mostrou seu cartão de visita na partida contra o Dínamo de Kiev, pelo Grupo B. O atacante foi o responsável pelos dois gols na vitória italiana por 2 a 1, de virada.

No primeiro, aos 35 minutos do primeiro tempo, Milik aproveitou cruzamento e cabeceou por cima do goleiro Shovkovsky. O segundo gol saiu apenas nove minutos mais tarde: Hamsik cruzou, Mertens cabeceou e a zaga ucraniana tirou em cima da linha. No rebote, Milik apareceu, mais uma vez, para empurrar para o fundo das redes.

Milik já havia mostrado do que era capaz em sua primeira partida como titular pelo Napoli no Campeonato Italiano. Na ocasião, contra o Milan, o atacante polonês foi responsável por dois gols na vitória por 4 a 2.

Ex-São Paulo faz golaço para o Ludogorets

Peter Schneider/Keystone via AP

Em partida válida pelo Grupo A, o Ludogorets estreou com empate fora de casa com o Basel, em 1 a 1. O time búlgaro foi às redes com um golaço de um conhecido jogador da torcida do São Paulo: Jonathan Cafu.

Aos 45 minutos do primeiro tempo, Cafu recebeu passe longo, entortou o zagueiro adversário e chutou no canto do goleiro Vaclik. O gol de empate saiu aos 35 minutos da segunda etapa, com Steffen.

Talisca salva o Besiktas no reencontro com Benfica

AP Photo/Armando Franca

A estreia na Liga dos Campeões reservou um reencontro para Anderson Talisca. Depois de deixar o Benfica de maneira polêmica, o brasileiro acertou com o Besiktas, da Turquia. E quis o destino que as duas equipes estivessem na mesma chave do torneio continental.

Aos 48 minutos do segundo tempo, quando o Benfica vencia a partida por 1 a 0, gol de Cervi, o Besiktas teve uma falta na entrada da área. E Talisca foi o responsável pela cobrança. Com categoria, o meia acertou o canto direito do goleiro Ederson, que não conseguiu evitar o gol.

Arsenal se salva após gol relâmpago

AP Photo/Christophe Ena

No confronto entre as equipes que possivelmente vão brigar pela liderança do Grupo A da Liga dos Campeões, o PSG precisou de apenas 44 segundos para abrir o placar contra o Arsenal, jogando dentro de casa, na França: No primeiro lance do jogo, Aurier cruzou da direita e Cavani cabeceou para superar Ospina.

O tenta parecia ser suficiente para garantir a vitória ao PSG, já que o Arsenal pouco conseguia incomodar o goleiro Areóla. Aos 35 minutos do segundo, no entanto, veio o empate: Ozil achou Iwobi na área, que chutou para defesa do goleiro do PSG. No rebote, a bola sobrou para Alexis Sánchez, que soltou a bomba para estufar as redes francesas.

A partida ainda contou com duas expulsões. Aos 48 minutos do segundo tempo, Verratti e Giroud se estranharam e ambos levaram o segundo cartão amarelo, recebendo o vermelho na sequência.

Bayern atropela time russo na estreia

AP Photo/Matthias Schrader

O Bayern de Munique não teve dificuldades em sua estreia na Liga dos Campeões. Enfrentando o modesto Rostov dentro de casa, pelo Grupo D, o time de Carlo Ancelotti passeou dentro de campo: vitória por 5 a 0.

Um dos destaques do dia foi o jovem Kimmich, de apenas 21 anos. O meia foi responsável por dois gols do Bayern na partida, em um espaço de apenas seis minutos. O primeiro saiu aos 8 da segunda etapa, aproveitando cruzamento de Douglas Costa. Na sequência, Bernat cruzou da intermediária e Kimmich cabeceou sem chances para o goleiro Dzhanaev.

Aniversariante do dia, Thomas Müller foi responsável pelo segundo gol do Bayern na partida. O placar foi aberto por Lewandowski, de pênalti e Bernat fechou o marcador.

UOL Cursos Online

Todos os cursos