Vitória do Atlético sobre o PSV tem arbitragem polêmica e jogador sangrando

Do UOL, em São Paulo

  • REUTERS/United Photos/Toussaint Kluiters

A vitória do Atlético de Madri sobre o PSV por 1 a 0 terminou com críticas à arbitragem do inglês Martin Atkinson. Antes mesmo do final da partida, os jornais espanhóis já repercutiam os lances polêmicos ocorridos na Holanda.

As críticas foram desde o lance que resultou no gol espanhol até o pênalti marcado a favor dos holandeses. No primeiro, aos 43 minutos do primeiro tempo, Saul balançou as redes do PSV. Na jogada, porém, o zagueiro Giménez acertou uma cabeçada em Davy Propper, que deixou o gramado sangrando.

No lance do pênalti, mais uma polêmica. Narsingh invadiu a área e Gimenez deu um carrinho para tentar cortar a bola. O zagueiro, no entanto, nem chegou perto do atacante holandês, que desabou na área. O árbitro, porém, marcou pênalti. Na cobrança, Guardado parou na defesa de Oblak.

A partida foi válida pelo Grupo D da Liga dos Campeões. Na mesma chave, o Bayern de Munique venceu o Rostov por 5 a 0.

UOL Cursos Online

Todos os cursos