Argentinos brilham, e Juventus vence a primeira na Liga dos Campeões

Do UOL, em São Paulo

  • AP Photo/Darko Bandic

    Higuaín (foto) e Dybala marcaram belos gols para a Velha Senhora contra o Dinamo de Zagreb

    Higuaín (foto) e Dybala marcaram belos gols para a Velha Senhora contra o Dinamo de Zagreb

Após tropeço em casa na estreia, a Juventus venceu sua primeira partida na Liga dos Campeões da Europa. Em noite com brilho argentino, a Velha Senhora dominou completamente o Dinamo para golear por 4 a 0 em Zabreg, nesta terça-feira (27), pela segunda rodada da fase de grupos.

Os gols da partida foram marcados por Pjanic, após pixotada da zaga, Higuaín, em bela jogada, Dybala, que marcou pela primeira vez na temporada com um petardo de longe, e pelo goleiro Semper, autor de gol contra após cobrança de falta de Daniel Alves. 

Além do brilho da dupla de ataque argentina, os brasileiros Dani Alves e Hernanes tiveram uma boa atuação na goleada contra o Dinamo, que sofreu com a qualidade do futebol sul-americano. Com a vitória, a Juventus vai à liderança do grupo H com quatro pontos, à frente do Sevilla nos critérios de desempate.

Pjanic desequilibra e Higuaín esbanja categoria

AP Photo/Darko Bandic

O meia bósnio Miralem Pjanic precisou de apenas 45 minutos para desequilibrar a partida. Contratado junto à Roma por mais de 30 milhões de euros, o meio-campista jogou apenas o primeiro tempo, mais que suficiente para mostrar muita habilidade no setor criativo da Juventus. Ele foi o melhor jogador enquanto esteve em campo.

Primeiro, Pjanic aproveitou bobeira do zagueiro do Dinamo, que cabeceou a bola para trás, e deslocou com frieza o goleiro Semper para abrir o placar. Minutos depois, descolou lançamento preciso no peito de Higuaín, que dominou com categoria e bateu de primeira num belo gol da Velha Senhora.

Dybala termina jejum de mais de 600 minutos

AP Photo/Darko Bandic

O promissor Paulo Dybala já amargava 654 minutos de jogo sem balançar as redes na Juventus – já eram sete jogos de seca entre Campeonato Italiano e Liga dos Campeões. Mas o jovem atacante argentino colocou um ponto final no jejum com um chutaço de muito longe no segundo tempo. Ele recebeu na meia direita e soltou uma bomba seca e a meia altura para consolidar o passeio da Juventus em Zagreb. Gol importante para a confiança do jogador de 22 anos na temporada.

Dani Alves e Hernanes têm boas atuações

REUTERS/Antonio Bronic

Os brasileiros da Juventus fizeram uma boa partida em Zagreb. Dani Alves começou jogando o primeiro tempo de ala e passou à lateral direita na etapa final. Como de costume, apoiou bem pelo flanco, proporcionando lances de perigo para a Velha Senhora. E também esteve seguro na parte defensiva, embora pouco ameaçado e muito bem protegido pelo sistema defensivo italiano. Para completar, o lateral de Tite ainda cobrou a falta que originou o gol contra de Semper no finzinho. 

Hernandes também teve boa apresentação, jogando como segundo volante no meio de campo, à frente do alemão Khedira. O meio-campista movimentou-se bem e distribuiu com clarividência as ações da Velha Senhora na partida, principalmente com longas invertidas de bola da esquerda para a direita. Em má fase, o brasileiro precisava de uma boa atuação para elevar a moral em Turim. 

 

UOL Cursos Online

Todos os cursos