City fica 3 vezes atrás do placar, mas empata com Celtic e vê Barça abrir

Do UOL, em São Paulo

  • Reuters / Lee Smith

    City sofreu para empatar com o Celtic na segunda rodada da Liga dos Campeões

    City sofreu para empatar com o Celtic na segunda rodada da Liga dos Campeões

O Manchester City teve trabalho na Escócia e fez a pior partida sob o comando de Pep Guardiola na temporada. Nesta quarta-feira (28), em partida válida pela segunda rodada da Liga dos Campeões, o time inglês apresentou muitos problemas na parte defensiva e não conseguiu conter as investidas do Celtic, que ficou três vezes em vantagem no placar, mas, mesmo assim, não saiu com a vitória. Apesar do desempenho abaixo do esperado, os Citizens ainda conseguiram se recuperar dentro de campo e arrancaram um empate por 3 a 3 fora de casa.

O empate, além de fazer o City somar apenas um ponto, faz a equipe comandada por Guardiola ver o Barcelona disparar na liderança do Grupo C da Liga dos Campeões. Os ingleses se mantêm na segunda posição com quatro pontos conquistados, enquanto os espanhóis assumem a ponta isolada com 100% de aproveitamento, já que venceram o Borussia Mönchengladbach nesta quarta-feira.

Manchester City irreconhecível, e Celtic oportunista

Reuters / Lee Smith
Dembélé abriu o placar para o Celtic nesta quarta-feira

Pep Guardiola certamente não esquecerá do primeiro tempo de sua equipe nesta quarta-feira. Acostumado a ver suas equipes terem a posse de bola e o domínio do jogo, o técnico espanhol viu o contrário nos primeiros 45 minutos de jogo. Jogando em casa, o Celtic começo a todo vapor: encurralou os ingleses e, com apenas três minutos, abriu o placar com Dembélé, em posição irregular. Aos 12min, no entanto, em uma mistura de sorte e oportunismo, Fernandinho dominou um chute torto de Kolarov e, sozinho dentro da área, empatou.

Reuters / Lee Smith
Fernandinho empatou para o City ainda no primeito tempo

O City, no entanto, não conseguiu aproveitar o gol de empate e, logo em seguida, sofreu mais uma vez. Aos 20min, Rogic avançou pelo meio, passou com facilidade por Fernandinho e acionou Tierney. O lateral esquerdo avançou até dentro da área e tentou um cruzamento. A bola desviou em Sterling, que voltava para ajudar na marcação, e enganou Bravo.

Mas o mesmo Sterling que marcou contra, se redimiu oito minutos depois. Aos 28min, David Silva robou a bola no campo de ataque e deu ótimo passe em profundidade para o atacante. O camisa 7, com muita categoria, deu um corte, tirando o zagueiro e o goleiro de uma só vez, e colocou no canto para deixar tudo igual.

Reuters / Lee Smith
Sterling marcou o segundo gol do Manchester City contra o Celtic

Blitz do Celtic, e City guerreiro

Craig Watson/AP
Dembélé voltou a marcar no primeiro minuto da etapa final

Em time que está ganhando não se mexe, certo? Certo! Foi pensando nisso que Brendan Rodgers mandou sua equipe voltar para a etapa final da mesma maneira que começou o jogo. Com uma blitz para cima do Manchester City, os donos da casa conseguiram ficar na frente do placar com menos de um minuto de bola rolando. Tierney cruzou da esquerda, Kolarov furou e Dembélé dominou na coxa e emendou uma puxeta no canto de Bravo, sem chances para o goleiro.

Novamente atrás do placar, o City aos poucos foi se reencontrando dentro de campo e esboçou uma leve pressão antes de igualar novamente a partida. Depois de Gündogan parar em uma ótima defesa de Gordon, Nolito balançou as redes para os ingleses. Com 10min, após uma bela troca de passes do setor ofensivo, o espanhol pegou o rebote de uma finalização de Agüero para deixar tudo igual.

Reuters / Russell Cheyne
Nolito empatou pela terceira vez no jogo para o Manchester City

Torcedor ilustre no Celtic Park

Jane Barlow/AP
Fã do Celtic, Rod Stewart acompanhou a partida no estádio

Filho de pais escoceses, o britânico Rod Stewart é fã de futebol e fanático pelo Celtic, e esteve nas arquibancadas do estádio nesta quarta-feira. O músico até tentou ser jogador, mas sua paixão pela música falou mais alto. Stewart é figura constante no Celtic Park, ele, inclusive, acompanhou a inesquecível vitória da equipe sobre o Barcelona de Messi, em 2012, quando ficou marcado por chorar nas arquibancadas do estádio.

FICHA TÉCNICA
Celtic 3 x 3 Manchester City
 
Local: Celtic Park, Escócia
Data: 28/09/2016
Horário: 15h45 (de Brasília)
Gols: Dembélé, aos 3min do 1º tempo, e 1min do 2º tempo; Fernandinho, aos 12min do 1º tempo; Sterling (contra), aos 20min do 1º tempo; Sterling, aos 28min do 1º tempo; e Nolito, aos 10min do 2º tempo.
 
Celtic: Craig Gordon; Lustig, Kolo Touré, Sviatchenko e Tierney; Nir Bitton, Scott Brown, Rogi? (Armstrong), Forrest (Patrick Roberts) e Sinclair; Dembélé. Técnico: Brendan Rodgers.
 
Manchester City: Bravo; Zabaleta, Kolarov, Otamendi e Clichy (Stones); Fernandinho, Gündogan e David Silva; Nolito, Sterling e Agüero. Técnico: Pep Guardiola.

UOL Cursos Online

Todos os cursos