Lateral do PSG é proibido de ir à Inglaterra após condenação por agressão

Do UOL, em São Paulo

  • FRANCK FIFE/EFE

    Aurier se envolveu em problemas com a polícia há dois meses

    Aurier se envolveu em problemas com a polícia há dois meses

O lateral direito Serge Aurier, do Paris Saint-Germain, não vai poder reforçar o time contra o Arsenal em jogo válido pela Liga dos Campeões, nesta quarta-feira (23), em Londres. O motivo: ele teve seu visto de entrada no Reino Unido retirado por causa de uma condenação sofrida na França há dois meses.

Em setembro, Aurier foi condenado a dois meses de prisão por um incidente em abril, quando o jogador foi acusado de insultar a polícia francesa e atacar um oficial ao deixar uma balada em Paris pela manhã. Por isso, autoridades britânicas impediram sua entrada no país.

Segundo uma nota oficial do PSG, o visto de Aurier foi negado em 16 de novembro, e ele nem viajou à Inglaterra nesta terça (22). O atleta marfinense, que não corre risco de cumprir a pena na cadeia, está recorrendo da condenação.

"O clube informou diversas vezes [às autoridades do Reino Unido] que o jogador está recorrendo da condenação, e que presumidamente ele é inocente, como qualquer pessoa com direito a recurso. O PSG lamenta fortemente que esse princípio fundamental da lei não tenha influenciado a postura britânica", diz a nota.

Sem a presença de Aurier, Arsenal e PSG vão fazer um confronto direto pela liderança do Grupo A da Liga dos Campeões. Os dois times somam 10 pontos e já estão classificados às oitavas de final.

Quer receber notícias de futebol internacional de graça pelo Facebook Messenger? Clique AQUI e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos