Experiência com o frio da Ucrânia salvou Douglas Costa, diz imprensa alemã

Do UOL, em São Paulo

  • Kirill Kudryavtsev/AFP

O Bayern de Munique teve problemas na Rússia nesta terça-feira. Encarando um frio de quatro graus negativos, a equipe do técnico Carlo Ancelotti perdeu por 3 a 2, de virada, para o Rostov. Foi o terceiro jogo seguido sem vitória e a segunda derrota na Liga dos Campeões.

Um brasileiro, porém, se salvou. Douglas Costa marcou o primeiro gol alemão, um rebote de uma jogada de Renato Sanches. Foi o 400º gol do Bayern de Munique na história da Liga dos Campeões – segundo o Goal.com, só Real Madrid (481) e Barcelona (447 – antes da partida contra o Celtic) superam os alemães.

"Douglas Costa foi o jogador mais ativo do Bayern na partida, ajudando seus companheiros e criando chances. Provavelmente por já saber como é difícil jogar no frio do leste europeu, fruto de seus tempos no Shakhtar Donetsk, da Ucrânia", disse o Bild.

Para o site WhoScored, especializado em estatísticas, o brasileiro também foi bem. Mesmo dando o passe errado que gerou o primeiro gol do Rostov, ele recebeu a quarta melhor nota da equipe alemã, 7,5. Só o lateral Bernat (8,1) e os meias Ribery (7,8) e Thiago Alcântara (7,6) foram melhor.

UOL Cursos Online

Todos os cursos