Lewandowski faz golaço de falta e dá vitória ao Bayern sobre o Atlético

Do UOL, em São Paulo

  • AFP PHOTO / CHRISTOF STACHE

Em um ritmo desacelerado, o Bayern de Munique recebeu o Atlético de Madri, nesta terça-feira (6), pela última rodada da fase de grupos da Liga dos Campeões. Já classificado na segunda colocação e com o rival na liderança da chave, o time alemão viu Robert Lewandowski aparecer mais uma vez para garantir a vitória aos comandados de Carlo Ancelotti: 1 a 0.

O triunfo leva o Bayern de Munique aos 12 pontos, não sendo suficiente para tirar o Atlético de Madri da liderança – o clube espanhol encerrou a fase com 15 pontos. No outro duelo do Grupo D, o Rostov empatou com o PSV em 0 a 0 e garantiu a terceira colocação, se classificando para a Liga Europa.

O sorteio das oitavas de final da Liga dos Campeões acontecerá em 12 de dezembro, em Nyon, na Suíça.

Lewandowski decide para o Bayern

REUTERS/Michaela Rehle

A fase de Robert Lewandoswki segue sendo fundamental para o Bayern de Munique. Foi dele o gol que garantiu a vitória sobre o Atlético de Madri. Aos 28 minutos do primeiro tempo, o polonês cobrou falta com perfeição e superou o goleiro Oblak. Os tiros livres, inclusive, viraram a nova especialidade do atacante. No final de semana, contra o Mainz, ele também havia balançado as redes da mesma semana.

Mesmo com o Bayern irregular na temporada (2º no Campeonato Alemão e na Liga dos Campeões), Lewandowski tem mantido uma média consistente. Nos 25 jogos que fez nesta temporada, contando seleção e clube, o polonês balançou as redes em 24 oportunidades.

Atlético pouco incomoda, mas enlouquece no fim

Pouco interessado com o confronto, o Atlético de Madri adotou uma postura cautelosa durante quase todo jogo e só chegou ao ataque pela primeira vez aos oito minutos. A única boa chance, no entanto, aconteceu aos 10 minutos: Carrasco recebeu na área e bateu para a defesa de Neuer.

A superioridade do Bayern era tanta, que aos 23 minutos do primeiro tempo a posse de bola era de 69% para os alemães contra 31% dos espanhóis. No fim da partida, os números seguiram parecidos: 68% a 32% para o Bayern.

No fim do jogo, no entanto, a postura mudou completamente. Diante de um Simeone que não parava de gritar à beira do gramado, o Atlético de Madri partiu para cima em busca do empate. No último lance, em um escanteio, o goleiro Oblak chegou a ir para a área do Bayern, mas o placar se manteve o mesmo.

Thiago perde chance de ampliar

O placar em Munique poderia ter sido mais elástico, mas faltou faro goleador ao meia Thiago. Aos 32 minutos da segunda etapa, Douglas Costa cruzou da esquerda e o brasileiro naturalizado espanhol, sem goleiro, chutou por cima da meta de Oblak.

#ForçaChape

AFP PHOTO / GUENTER SCHIFFMANN

Antes da partida começar, os jogadores das duas equipes fizeram um minuto de silêncio em homenagem aos mortos no acidente com o avião que levava a delegação da Chapecoense para a Colômbia. Na arquibancada, os torcedores aplaudiram durante o minuto, enquanto no telão do estádio a frase "Força, Chape" vinha acompanhada do escudo do time em preto e branco.

UOL Cursos Online

Todos os cursos