Lucas faz 45 minutos brilhantes, mas acaba criticado pela imprensa francesa

Do UOL, em São Paulo

  • Charly Triballeau/AFP

Lucas Moura foi um dos principais jogadores do PSG nesta terça-feira. O problema é que o time francês decepcionou, só empatou em 2 a 2 com o Ludogorets, um dos times de menor investimento da Liga dos Campeões, e acabou perdendo a liderança de sua chave para o Arsenal.

O brasileiro deixou o campo elogiado pela imprensa francesa, mas com ressalvas. Segundo a France Football, ele fez um grande primeiro tempo, mas caiu no segundo. "Sejamos honestos: de dez chances criadas, o brasileiros merecia que o gol tivesse saído em pelo menos sete nos primeiros 45 minutos. Muito ativo, rápido e inspirado, Lucas foi o catalizador dos melhores momentos dos jogadores de Emery", escreveu a publicação.

"Era óbvio achar que o atacante do PSG iria finalmente furar a defesa rival e resolver a situação no segundo tempo. Que nada... Depois do intervalo, mudou completamente. No final, encontramos o Lucas que ninguém aprova, aquele que corre freneticamente sem se dar conta do que acontece a sua volta", completou a revista.

A So Foot, mais ácida, disse que "nunca é um bom sinal quando Lucas e Matuidi são os destaques" em uma partida do PSG. "Lucas ganhou mais responsabilidade e o resultado foi o esperado. Ele é considerado um dos principais jogadores do time há algum tempo e, agora, finalmente está se tornando um dos donos do PSG. Mas ele ganhou o cargo mais por falta de concorrência do que pelo alto rendimento", falou a revista.

UOL Cursos Online

Todos os cursos