Cavani faz de bicicleta, mas PSG tropeça em "time de brasileiros"

Do UOL, em São Paulo

  • REUTERS/Gonzalo Fuentes

Ludogorets, time búlgaro recheado de brasileiros, protagonizou a zebra da rodada desta terça-feira (06) da Liga dos Campeões, ao empatar com o poderoso Paris Saint-Germain na França por 2 a 2 - resultado que tirou a liderança do Grupo A das mãos da equipe de Lucas, Cavani, Dí Maria e companhia.

Vale nota: o primeiro tento do PSG no duelo foi um golaço de bicicleta de Cavani. A bola rebateu na zaga e sobrou no alto para o atacante, que em virada rápida colocou a redonda nas redes. Mas o lance plástico, que naquele momento empatou o embate em 1 a 1, foi insuficiente.

Antes, com assistência de Natanael (ex-Atlético-PR), o Ludogorets havia inaugurado o placar: gol de Misidzhan. Depois de Cavani empatar, Wanderson (ex-Portuguesa) fez o 2 a 1 ao anotar o seu com passe de Jonathan Cafu (ex-São Paulo). Cicinho (ex-Santos) e Marcelinho (que não atuou no futebol do Brasil) completaram o quinteto brasileiro titular dos búlgaros.

O argentino Dí Maria, do PSG, deu números finais ao duelo, aos 48 minutos do segundo tempo.

PSG e Arsenal começaram a rodada empatados em 11 pontos, com os franceses à frente por critérios de desempate. O Arsenal venceu sua partida contra o Basel por 4 a 1 e saltou à liderança da chave graças ao tropeço do PSG em casa. Como prêmio, o Ludogorets ficou na terceira posição, com três pontos, e vai à Liga Europa.

Besiktas faz feio e classifica Napoli e Benfica

Gleb Garanich/Reuters

A única disputa por classificação da rodada aconteceu no Grupo B, no qual o Besiktas poderia pular do terceiro lugar para a zona de acesso às oitavas de final com vitória ou até um empate. O time turco, no entanto, perdeu por 6 a 0 (quatro gols saídos no primeiro tempo) para o Dínamo de Kiev, na Ucrânia, e enterrou qualquer chance de passar ao mata-mata.

Besedin, Yarmolenko (de pênalti), Bualskyy, Derlis González, Sydorcuk e Júnior Moraes anotaram os tentos da partida e deram sossego a Napoli e Benfica – a dupla fez na Itália jogo que poderia significar a eliminação de um deles, mas que no fim foi apenas uma disputa pela liderança.

Vale dizer que o pênalti que decidiu o confronto na Ucrânia, o do segundo gol, foi mal assinalado pelo árbitro, que para piorar expulsou o zagueiro Andreas Beck, dos turcos, no lance.

Napoli venceu o Benfica por 2 a 1, fora de casa. O time italiano avançou como líder e o português, como vice. O Besiktas permaneceu em terceiro e estará na Liga Europa.  

Com reservas, Manchester City só empata

Reuters / Jason Cairnduff

Já classificado às oitavas de final pelo Grupo C e sem chance de alcançar o líder Barcelona, o Manchester City entrou em campo com reservas e ficou no empate por 1 a 1 com o Celtic. O City saiu perdendo – belo gol de Patrick Roberts. Pouco depois, o atacante Ihenacho igualou a contagem e deu números finais à partida na Inglaterra.

O Barça, com gols de Messi e Arda Turan (três vezes) bateu o Borussia Mönchengladbach por 4 a 0, na Espanha. A chave se encerrou com os espanhóis na liderança e o City em segundo lugar. O Mönchengladbach ficou em terceiro e vai à Liga Europa.

PSV x Rostov... que jogo sonolento

PSV e Rostov se enfrentaram na Holanda em jogo que não valia mais do que um amistoso: lanterna, o time da casa não poderia chegar à terceira posição. Dono do terceiro lugar e com vaga na Liga Europa assegurada, o Rostov não tinha chance de entrar na zona de classificação às oitavas da Champions. Empataram em 0 a 0, em duelo duro de assistir.

Na outra partida do Grupo D, Lewandowski garantiu vitória do Bayern de Munique por 1 a 0 sobre o Atlético de Madri, mas o time alemão não conseguiu chegar à liderança. Terminou assim: espanhóis (em primeiro) e Bayern avançam ao mata-mata, e Rostov foca agora na Liga Europa.   

UOL Cursos Online

Todos os cursos