Sevilla elimina o Lyon da Champions; Brasileiro põe Legia na Liga Europa

Do UOL, em São Paulo

  • Robert Pratta/Reuters

Lyon e Sevilla fizeram na França um dos duelos mais importantes da rodada desta quarta-feira (07) da Liga dos Campeões: confronto direto por vaga nas oitavas de final pelo Grupo H. O Sevilla jogava por um empate, e na casa do rival segurou justamente um 0 a 0 que não refletiu o que foi a partida.

Foram três bolas na trave só no primeiro tempo, uma em finalização de Vitolo, do Sevilla, e duas em ações do Lyon, protagonizadas por Tolisso e Valbuena.

A missão do Lyon, que começou o jogo em terceiro na chave, era difícil: precisava vencer por pelo menos 2 a 0 para igualar em pontos e superar o adversário nos critérios de desempate. O Sevilla, por outra, atuou de olho em duas frentes: o primeiro objetivo era assegurar a classificação, mas havia ainda esperança de liderar o grupo. 

O empate manteve tudo como estava antes de a bola rolar. Na outra partida da chave, a líder Juventus venceu o Dínamo Zagreb na Itália, por 2 a 0, e foi a 14 pontos. Sevilla terminou como segundo colocado (11 pontos) e vai ao mata-mata. O Lyon (8), em terceiro, vai à Liga Europa. Os croatas, lanternas, deram adeus aos torneios europeus. 

Brasileiro leva Legia Varsóvia à Liga Europa

Czarek Sokolowski/AP Photo

Nem Elias e nem André: o brasileiro a brilhar na partida do Sporting desta quarta-feira foi Guilherme, desconhecido em seu país natal, jogador do adversário Legia Varsóvia. Pior para os portugueses. Com gol solitário do meio-campista, o time da Polônia assumiu a terceira colocação do Grupo F e disputará a Liga Europa.

O Sporting precisava só do empate na partida. No fim, terminou com três pontos, na lanterninha e fora de todos os torneios continentais da temporada. O Legia foi a quatro pontos.

Pela mesma chave, Borussia Dortmund buscou empate por 2 a 2 com o Real Madrid e avançou em primeiro, com 14 pontos. Os espanhóis, com 12, ficaram com a segunda vaga.

Leicester perde invencibilidade e Porto avança com goleada

AP Photo/Paulo Duarte

A rodada foi decisiva para o Porto, e o time não decepcionou: emplacou 5 a 0 no então invicto Leicester, que, já classificado e seguro na liderança do Grupo G, foi a campo com reservas. Os gols foram de André Silva (duas vezes), Corona, Brahimi e Diogo Jota.

O time de Portugal entrou na rodada na segunda colocação, mas seguido de perto pelo Copenhague. Um empate combinado a uma vitória dos suíços contra o lanterna Club Brugge eliminaria o Porto. O Copenhague venceu por 2 a 0 na Bélgica, mas tudo caminhou bem no Estádio do Dragão e o clube azul e branco passou.

A chave terminou assim: Leicester avançou na liderança, com 13 pontos. O Porto, vice, ficou com 11. O Copenhague vai à Liga Europa por ter ficado na terceira posição, com nove pontos. O Brugge, último colocado, perdeu todas as partidas que fez. 

Tottenham leva susto, mas vai à Liga Europa

AFP PHOTO / Ben STANSALL

Já eliminado da Liga dos Campeões desde a rodada passada, o Tottenham levou susto no jogo contra o CSKA Moscou, na Inglaterra. Saiu perdendo, e caso o resultado se mantivesse estaria fora até da Liga Europa. Ainda no primeiro tempo, no entanto, conseguiu a virada. O 3 a 1 lhe manteve na terceira colocação do Grupo E.

O CSKA abriu a contagem com Dzagoev, e os ingleses viraram com Dele Alli, Harry Kane e Akinfeev (contra).

No outro jogo da chave, o Bayer Leverkusen bateu o Monaco na Alemanha, por 3 a 0. Placar que não mudou nada na competição: com 11 pontos, os franceses terminaram líderes. O Leverkusen foi vice, com 10. O Tottenham encerrou com sete pontos e o clube russo, com três.

UOL Cursos Online

Todos os cursos