Após fazer o impossível, Ederson tem de responder sobre seleção brasileira

Do UOL, em São Paulo

  • Reuters / Pedro Nunes

A atuação do goleiro Ederson pelo Benfica, nesta terça-feira, chamou atenção. O brasileiro de 23 anos foi o responsável pela vitória portuguesa por 1 a 0 sobre o Borussia Dortmund, com defesas importantes e pelo menos dois milagres.

Ele foi tão bem que, logo após a partida, teve de responder sobre seleção brasileira. Após o jogo, repórteres portugueses questionaram se a atuação nas oitavas de final da Liga dos Campeões garantiram uma convocação. "Não sou acomodado. Estou tranquilo, não me deslumbro sobre o que se fala. Se tiver de acontecer, tudo bem. Senão, vou continuar a trabalhar para isso", disse o goleiro.

Até mesmo o técnico do Brasil, Tite, teve de responder sobre o goleiro. No Esporte Interativo, ele foi questionado sobre o goleiro do Benfica e seu titular, Alisson, que não joga com regularidade na Roma. O treinador, porém, saiu pela tangente, elogiando o ex-jogador do Internacional e preferindo falar sobre a intensidade dos treinos e não analisar Ederson.

O jogador do Benfica, porém, está sendo observado pela comissão técnica da seleção. Preparador de goleiros da equipe, o tetracampeão da Copa do Mundo Taffarel fez elogios ao atleta após observá-lo no fim de semana. "O Ederson é um jogador que já conhecemos, tem um potencial grande. Diria que vai ter futuro brilhante, só depende dele. Está no caminho certo, cada vez aprendendo mais e mais. Potencial ele tem", disse.

Na seleção ou não, a partida do brasileiro foi muito elogiada em Portugal. O portal de internet Sapo, por exemplo, chamou a noite de Ederson de "monstruosa". O jornal O Jogo também elogiou, principalmente em dois momentos.

O primeiro, o pênalti de Aubameyang que ele defendeu. O segundo, um chute da entrada da área e desviou na defesa, em que Ederson mostrou muito reflexo: "Parecia impossível, mas Ederson defendeu. Guarda-redes do Benfica esteve em grande plano esta terça-feira, ao manter a baliza dos encarnados a zero. Para além de defender um pênalti, o brasileiro registrou ainda uma incrível intervenção".

UOL Cursos Online

Todos os cursos