Para revista francesa, colocar Lucas no banco foi chave da goleada do PSG

Do UOL, em São Paulo

  • Jacques Brinon

A fase do brasileiro Lucas Moura no PSG é a melhor de sua carreira. Com 14 gols na temporada, ele vinha sendo titular do técnico Unai Emery e era um dos destaques da equipe, que se recupera no Campeonato Francês após um início ruim no torneio. Por isso, quando saiu a escalação para o duelo contra o Barcelona, nesta terça-feira, com ele no banco, muita gente se surpreendeu.

Após o 4 a 0 sobre os espanhóis, porém, a imprensa francesa elogiou a decisão do treinador. "Colocar Lucas no banco foi a melhor decisão do treinador", analisou a revista France Football (a mesma responsável pelo prêmio de melhor do mundo Bola de Ouro). A explicação foi o jogador escolhido para entrar em seu lugar: o argentino Di Maria, autor de dois dos quatro gols franceses e eleito o melhor da partida.

"Di Maria foi criticado, com razão, por ter jogado fora o início de temporada – para dizer o mínimo. Relegado ao banco de reservas por Lucas, eficiente sob o comando de Unai Emery, o argentino teve de recuperar a confiança gradualmente desde o início de 2017. Nos 4 a 1 sobre o Bordeaux, pela Copa da França, ele já mostrava uma reação, até que, na última sexta-feira, fez sua melhor partida da temporada, em uma vitória por 3 a 0 também contra o Bordeaux – agora pelo Campeonato Francês. Ninguém achava provável, mas com isso ele convenceu Emery a escalá-lo contra o Barça", escreveu a revista.

UOL Cursos Online

Todos os cursos