Sergio Ramos: "Não é porque fiz gols que agora vou ser um herói"

Do UOL, em São Paulo

Decisivo para a classificação o Real Madrid sobre o Napoli na Liga dos Campeões, o zagueiro Sergio Ramos afirmou que os gols não o tornaram um herói e lembrou que há pouco tempo era criticado. O clube espanhol venceu por 3 a 1 e avançou para as quartas de final.

"Há uma semana me matavam e hoje sou muito bom. Não é porque fiz gols que agora vou ser um herói. Hoje soubemos sofrer juntos", afirmou.

No primeiro tempo da partida, o Real Madrid sofreu contra o Napoli. O time italiano chegou a abrir o placar e ficou perto de fazer o segundo. Na segunda etapa, porém, o clube espanhol retomou o controle e virou o jogo.

"Se soubéssemos a fórmula para jogar bem, será muito fácil. Às vezes, as coisas não saem como trabalhamos, mas contanto que a atitude seja boa, tudo termina bem. No primeiro tempo, criamos muitas chances, precisamos refletir", completou.

Sergio Ramos esteve envolvido em dois gols em cinco minutos. Aos seis minutos da segunda etapa, o zagueiro apareceu para cabecear para o fundo do gol após cobrança de escanteio. Depois, aproveitou nova cobrança para ampliar. O lance, no entanto, contou com um desvio de Mertens, e a UEFA acabou dando gol contra do belga.

"Não me f..., me tiraram o doblete", brincou Sergio Ramos ao ser informado que o segundo gol havia sido dado como contra de Mertens.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos