Aubameyang supera muralha brasileira, e Dortmund elimina Benfica na Liga

Do UOL, em São Paulo

  • Bernd Thissen/dpa via AP

O Borussia Dortmund fez na Alemanha o que não havia feito em Portugal: superar o goleiro Ederson, destaque no primeiro jogo, e transformar as chances criadas em gols. Em seu domínio, os alemães não deram chance para o Benfica e contaram com show de Aubameyang para vencer tranquilamente por 4 a 0, avançando para as quartas de final da Liga dos Campeões.

O atacante gabonês foi responsável por três dos quatro gols do Dortmund na partida. O outro tento foi marcado por Pulisic. O resultado foi mais do que suficiente para reverter a derrota por 1 a 0 no primeiro duelo.

O adversário do Borussia Dortmund nas quartas de final será conhecido no dia 17 de março, data do sorteio em Nyon, na Suíça. As partidas da próxima fase estão marcadas para as semanas dos dias 11 e 12 e 18 e 19 de abril.

Aubameyang levanta a torcida em 4 minutos

Reuters / Wolfgang Rattay

A vantagem do Benfica durou apenas quatro minutos. Logo na primeira chance que teve, o Borussia Dortmund abriu o placar.

Após cobrança de escanteio de Dembélé, Aubameyang subiu completamente livre e cabeceou para o fundo do gol de Ederson, que ainda chegou a tocar na bola, mas não conseguiu evitar o gol.

Benfica perde chance incrível de empatar

Acuado no primeiro tempo, o Benfica teve uma incrível chance de empatar o jogo no minuto inicial da segunda etapa. Após cruzamento de Semedo, a defesa do Dortmund afastou mal e a bola sobrou para Cervi. De frente para o gol, o meia soltou a bomba, mas ela explodiu em Schmelzer, evitando o tento.

Dortmund consolida vaga em dois minutos

AP Photo/Michael Probst

Se o Benfica perdeu sua chance, o Dortmund não teve a mesma piedade. Em dois minutos, a equipe alemã balançou as redes em duas oportunidades e decidiu o confronto contra os portugueses. O primeiro saiu aos 13 minutos, quando Piszczek fez um ótimo cruzamento para a área e Pulisic apareceu para completar para o gol.

Na sequência, aos 15, foi a vez de Schmelzer dar um tapa de primeira para o meio da área. E lá estava o artilheiro Aubameyang, que só teve o trabalho de desviar e marcar o terceiro gol do Dortmund.

Mosaico relembra "Jogo do Século"

Reuters / Wolfgang Rattay

Famosa pelos mosaicos 3D que apresenta antes das partidas, a torcida do Borussia Dortmund preparou um especial para o duelo contra o Benfica. Antes de a bola rolar, jornais do dia 4 de dezembro de 1963 começaram a aparecer em um mosaico.

A peça era uma referência ao "Jogo do Século", quando o Dortmund fez 5 a 0 no Benfica, na Liga dos Campeões da época.

Sem cabelo polêmico dessa vez

AP Photo/Michael Probst

Depois de criar polêmica na partida contra o Bayer Leverkusen, Aubameyang adotou um novo tom em seu corte de cabelo diante do Benfica. No jogo anterior, o gabonês havia utilizado uma pintura especial, que foi apontada como referência à Nike, seu patrocinador. O Dortmund, porém, é patrocinado pela Puma. Pelo duelo da Liga dos Campeões, a pintura foi deixada de lado.

UOL Cursos Online

Todos os cursos