Mascherano admite pênalti não marcado em Di María: "Obviamente toco nele"

Do UOL, em São Paulo

O zagueiro Javier Mascherano, do Barcelona, admitiu em entrevista após a vitória histórica por 6 a 1 sobre o Paris Saint-Germain, nesta quarta-feira (8), que cometeu um pênalti não marcado em cima de Di María no segundo tempo.

No lance, o camisa 11 do PSG se preparava para finalizar cara a cara com o goleiro Ter Stegen quando Mascherano chegou de carrinho, por trás, e tocou no pé de apoio do adversário. O chute de Di María saiu torto, para fora, e ele caiu com a mão no tornozelo.

"É uma jogada limite. Eu me atirei, e talvez... Obviamente eu toquei nele, está claro. Mas não tenho muito mais o que dizer. Em uma jogada como essa, nos serve qualquer coisa. A única coisa em que você pensa é evitar o gol. Por sorte, não apitaram", disse Mascherano na zona mista do Camp Nou.

O técnico do PSG, Unai Emery, também saiu reclamando dos dois pênaltis marcados para o Barça: o primeiro, de Meunier em cima de Neymar, e o segundo, de Marquinhos em Suárez.

"As decisões da arbitragem nos prejudicaram. Os pênaltis foram duvidosos", disse Emery. O técnico também reconheceu que o PSG "não esteve à altura da vontade" do Barcelona, que reverteu uma desvantagem de 4 a 0 do jogo de ida para avançar às quartas de final da Liga dos Campeões.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos