Histórico: Schmeichel pega pênalti, Leicester bate Sevilla e vai às quartas

Do UOL, em São Paulo

O Leicester City está entre os oito melhores da Europa. Diante de sua torcida no King Power Stadium, a equipe que ocupa o 15º lugar do Campeonato Inglês fez 2 a 0 sobre o Sevilla nesta terça-feira (14), reverteu a derrota por 2 a 1 sofrida no jogo de ida e avançou às quartas de final da Liga dos Campeões, torneio que disputa pela primeira vez em sua história.

Morgan e Albrighton fizeram os gols do time inglês, que ainda contou com o goleiro Schmeichel para pegar um pênalti cobrado por N'Zonzi no segundo tempo. O dinamarquês já havia defendido uma penalidade no jogo de ida, batida por Correa. O Sevilla jogou os últimos 20 minutos sem o meia Nasri, expulso, e não conseguiu reagir.

Com 100% de aproveitamento em três jogos com o novo técnico Craig Shakespeare, o Leicester aguarda o sorteio de sexta-feira (17) para saber quem será seu adversário nas quartas. Depois do conto de fadas do título inglês na temporada passada, o time agora mira ainda mais alto.

Inversão de papéis: Sevilla defende, Leicester pressiona

Darren Staples/Reuters

O primeiro tempo teve os times trocando suas habituais propostas de jogo. O ofensivo Sevilla preferiu apostar na vantagem conquistada no jogo de ida e se postou em duas linhas de quatro mais recuadas, deixando Nasri e Ben Yedder soltos na frente.

Já o Leicester, fortíssimo no contra-ataque quando tem espaço, se viu obrigado a subir a marcação e jogar mais adiantado que o normal. O resultado foi um primeiro tempo de poucas chances, mas o time inglês foi mais efetivo: na bola parada, Mercado falhou e Morgan empurrou de coxa para o gol.

Sampaoli muda e Sevilla melhora, mas...

Darren Staples/Reuters

Após o péssimo primeiro tempo do Sevilla, Sampaoli voltou do intervalo com duas trocas. Muito mais ofensivo, Mariano substituiu Mercado na lateral direita, enquanto Jovetic entrou no meio-campo na vaga de Sarabia. O time espanhol melhorou com a nova formação e finalmente encontrou os espaços para trocar passes no meio-campo, assustando com um chute na trave de Escudero. Mas quando a equipe mais pressionava...

Erro individual dá o segundo gol ao Leicester

Darren Staples/Reuters

O Leicester estava sendo apertado em seu campo de defesa e não estava conseguindo encaixar os contra-ataques. Mas um erro do zagueiro Rami deu de presente o segundo gol aos ingleses. O defensor do Sevilla foi afastar uma bola de cabeça e deixou de graça para Albrighton, que teve tempo para ajeitar e chutar forte da entrada da área para fazer 2 a 0.

Nasri perde a cabeça e é expulso

Rui Vieira/AP

Precisando de um gol para forçar a prorrogação, o Sevilla se lançou ainda mais à frente e passou a pressionar. Mas um momento de descontrole de Nasri complicou as coisas. O meia francês, que já tinha cartão amarelo por uma falta dura no primeiro tempo, bateu boca com Vardy e deu uma leve cabeçada no inglês. Os dois tomaram amarelo, e o camisa 10 do Sevilla acabou expulso.

Schmeichel defende mais um pênalti

Carl Recine/Reuters

Mesmo com um a menos, o Sevilla conseguiu um pênalti logo em seguida quando Vitolo foi derrubado por Schmeichel. Mas o goleiro do Leicester, que já havia defendido uma penalidade no jogo de ida, se redimiu ao pegar também a fraca cobrança de N'Zonzi, fazendo a torcida explodir no King Power. O técnico Sampaoli ainda foi expulso pouco depois por reclamação. Os espanhóis tentaram de tudo até o apito final, mas o Leicester se segurou e teve as melhores chances no contra-ataque. No fim, o 2 a 0 garantiu a classificação histórica.

Shakespeare é 100%

Darren Staples/Reuters

O técnico Craig Shakespeare, que era auxiliar de Claudio Ranieri e foi efetivado no cargo após a demissão do italiano, tem agora três vitórias em três jogos no comando do Leicester. Os outros dois triunfos aconteceram sobre Liverpool e Hull City pelo Campeonato Inglês.

FICHA TÉCNICA

Leicester 2 x 0 Sevilla

Local: King Power Stadium, Leicester (Inglaterra)
Data: 14/03/2017
Horário: 16h45 (de Brasília)
Árbitro: Daniele Orsato (Itália)

Gols: Morgan, aos 26 minutos do 1º tempo, e Albrighton, aos 9 minutos do 2º tempo
Cartões amarelos: Vardy, Schmeichel, Ndidi e Mahrez (Leicester); Vitolo e Nasri (Sevilla)
Cartão vermelho: Nasri (Sevilla)

Leicester: Schmeichel; Simpson, Morgan, Huth e Fuchs; Drinkwater, Ndidi, Mahrez (Amartey) e Albrighton; Okazaki (Slimani) e Vardy. Técnico: Craig Shakespeare

Sevilla: Sergio Rico; Mercado (Mariano), Pareja, Rami e Escudero; N'Zonzi e Iborra; Sarabia (Jovetic), Nasri e Vitolo; Ben Yedder (Correa). Técnico: Jorge Sampaoli

UOL Cursos Online

Todos os cursos