Guardiola pede solução para terrorismo: "Temos que parar de viver com medo"

Do UOL, em São Paulo

  • Rui Vieira/AP

Após o atentado contra o ônibus do Borussia Dortmund na última terça-feira (11), antes do duelo com o Monaco, Pep Guardiola se pronunciou e pediu providência contra o terrorismo. Segundo o técnico do Manchester City não é admissível viver com medo.

"Espero que presidentes da China, Rússia e Estados Unidos tenham alguma solução. Porque não sei onde iremos parar. Temos que parar de viver com medo. O mundo vive um momento louco, não sei onde vai parar", disse o comandante em entrevista coletiva.

O atentado ocorreu na última terça-feira (11). Enquanto se encaminhava para a partida, o ônibus do Borussia Dortmund foi atingido por uma explosão. No incidente, o zagueiro Marc Bartra acabou quebrando o braço e precisou ser operado.

"Desejo boa recuperação ao Bartra. Ainda bem que não foi nada grave", complementou Guardiola.

A partida foi reagendada para esta quarta-feira. O Monaco venceu o confronto válido pelas quartas de final da Liga dos Campeões por 3 a 2.

 

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos