Após eliminação, Vidal se diz triste, com raiva e aponta "roubo" de árbitro

do UOL, em São Paulo

Arturo Vidal, estrela do Bayern de Munique, deixou o gramado do Santiago Bernabéu, na Espanha, após partida contra o Real Madrid, de cabeça quente. Nesta terça-feira (18), o time alemão perdeu por 4 a 2 na prorrogação e foi eliminado nas quartas de final da Liga dos Campeões. O chileno acusou "roubo" no duelo arbitrado pelo húngaro Viktor Kassai. 

"É muito forte que te roubem em um jogo assim. Eles fizeram dois gols em impedimento, Casemiro deveria ter sido expulso antes de mim, e eu fui mal expulso", apontou. Vidal recebeu cartão vermelho ainda no tempo regulamentar. Na prorrogação, Cristiano Ronaldo fez dois gols em posição irregular. 

"Um roubo assim não pode acontecer em uma competição como a Champions", prosseguiu. 

Derrotado na Alemanha por 2 a 1 na Alemanha, o Bayern de Munique devolveu o 2 a 1 nos 90 minutos disputados na Espanha. Com um a menos na prorrogação, foi superado. Para o chileno, apesar da eliminação, o time visitante se provou melhor do que o rival.

"Tínhamos o jogo como queríamos no 2 a 1 a favor, aí eles se assustaram, e o árbitro começou seu show. Foi fácil de notar, foi muito feio. Em Munique e aqui, ficamos com um a menos, e isso nos faz nos questionarmos", continuou Vidal, novamente sugerindo que o Bayern foi prejudicado. 

O meio-campista resumiu seu sentimento como "muita raiva" e "muita tristeza". 

"Saímos daqui muito tristes. Tínhamos muita vontade de passar. E com muita raiva. Uma partida de tanta intensidade ter resultado que passa pelo árbitro, isso nos afeta muito. Raiva porque jogamos muito, foi o árbitro que nos deixou de fora da Champions hoje". 

UOL Cursos Online

Todos os cursos