Atlético de Madri segura empate e encerra sonho do Leicester na Champions

Do UOL, em São Paulo

O Atlético de Madri encerrou o sonho do Leicester na Liga dos Campeões, nesta terça-feira (18), ao segurar empate em 1 a 1 na Inglaterra e avançar à semifinal. Saúl abriu o placar ainda no primeiro tempo e Vardy deixou tudo igual, em lance que deu início a sufoco do time mandante. Os espanhóis eliminaram o rival devido à vitória por 1 a 0 na ida, em Madri.

A equipe de Diego Simeone é a primeira a garantir vaga na próxima fase -- na sequência, o Real Madrid bateu o Bayern na prorrogação e também se classificou. Na quarta-feira (19), mais duas decisões: Barcelona tentará reverter vantagem da Juventus, na Espanha, e o Monaco receberá o Borussia Dortmund, na França, com placar favorável. 

Leicester deu início ao seu "conto de fadas" na temporada passada, quando surpreendentemente levou o título do Campeonato Inglês. Classificado à Liga pela primeira vez na história, dava sinais de que podia repetir o "milagre" no cenário continental, mas a campanha terminou com a derrota por 2 a 1 no placar agregado.

O melhor: Filipe Luís constrói jogada do gol da classificação

Aos 26 minutos do primeiro tempo, o Atlético de Madri abriu o placar com gol de Saúl, de cabeça. O destaque da jogada, no entanto, vai para o brasileiro Filipe Luís, lateral responsável pelo cruzamento certeiro na cabeça do meio-campista. O catarinense recuperou bola no campo de ataque, após corte de Morgan, e manteve o time espanhol na pressão. Com a redonda nos pés, desde o lado esquerdo, teve calma para esperar outra opção chegar à área, já que Carrasco estava bem marcado. Saúl se apresentou no segundo pau e recebeu passe preciso, pelo alto. Sem nem precisar sair do chão, testou cruzado, sem chance para Oblak. 

Vilão: Mahrez faz jogo ruim e pisa em rival

Miguel Riopa/AFP Photo

Em disputa de bola perdida, Mahrez, estrela do Leicester, mostrou que não estava com a cabeça no lugar. O lance ocorreu no segundo tempo, quando o time inglês, perdendo por 1 a 0, precisava fazer três gols para se classificar. Saúl chegou antes na redonda, e Mahrez entrou na dividida com o pé mais alto, para pisar no rival. O espanhol pediu atendimento e logo se recuperou. O juiz não viu a jogada e deixou de punir o atacante. A fase de Mahrez não é boa e se refletiu em partida de pouca inspiração. A torcida, de novo, pegou no pé do atleta.

Vardy marca o "gol da esperança", mas o sonho acabou

Jamie Vardy, artilheiro do Leicester, empatou a partida em 1 a 1 aos 15 minutos do segundo tempo. O lance foi estranho: houve um cruzamento desde o lado direito e a bola sobrou na outra ponta para Chilwell, que dominou e bateu cruzado. Savic desviou a finalização, e os jogadores do Leicester pediram pênalti por suposto toque de mão do adversário. Vardy seguiu focado na jogada e, com a chapa do pé direito, colocou a redonda no fundo do gol, para levantar a torcida inglesa. O tento, no entanto, de nada serviu: o Leicester foi eliminado. 

Atlético de Madri perde chance de matar jogo...

Com 1 a 0 no placar, aos 4 minutos do segundo tempo, o Atlético de Madri teve a chance de resolver a parada: Griezmann disparou em velocidade pela direita e cruzou rasteiro para Carrasco, que entrou rápido na área. O passe, no entanto, foi muito à frente do centroavante, que não chegou na bola, e os espanhóis perderam uma chance clara. 

... E leva sufoco do Leicester!

Ben Stansall/AFP Photo

Na esteira do gol perdido por Griezmann e Carrasco, o Leicester empatou a partida em 1 a 1, com gol de Vardy. O time inglês ainda precisava de dois gols para a classificação e se mandou para a frente, ordem expressa do técnico Craig Shakespeare. O Atlético de Madri de Diego Simeone parecia assustado. Aos 19 minutos da segunda metade, Ulloa bateu firme e rasteiro, e quem evitou o gol foi Lucas Hernández. Aos 22, também de dentro da área, Vardy finalizou para marcar, mas Savic impediu que a bola balançasse a rede. Aos 24, nova chance, desta vez perdida por Ndidi, em novo milagre de Savic. Aos 27, Vardy desviou de letra um chute de Mahrez, mas Oblak defendeu Aos 30, Mahrez quase fez de falta - a bola saiu por cima, tirando tinta do travessão. Que sufoco!

Fim do "conto de fadas"

A história do Leicester foi a mais marcante da temporada passada no futebol europeu. Time modesto, foi campeão inglês, superando rivais do porte de Chelsea, Arsenal, Liverpool, Tottenham, Manchester United e Manchester City. Classificado pela primeira vez à Liga dos Campeões, manteve as duas principais estrelas, os atacantes Mahrez e Jamie Vardy. A campanha foi, mais uma vez, surpreendente: classificou-se em primeiro no grupo que tinha Porto, Copenhague e Club Brugge, com quatro vitórias em seis jogos, e despachou o Sevilla nas oitavas de final (3 a 2 no placar agregado). O Atlético de Madri encerrou o sonho dos ingleses. 

 

UOL Cursos Online

Todos os cursos