Casemiro se controla e consegue parar meio-campo do Atlético, diz imprensa

Do UOL, em São Paulo

O volante Casemiro, do Real Madrid, entrou em campo pressionado para o primeiro jogo das semifinais da Liga dos Campeões. Na última partida pelo campeonato europeu, o brasileiro levou cartões amarelos ainda no primeiro tempo e correu risco de levar o vermelho algumas vezes – contra o Bayern de Munique, nas quartas de final, isso aconteceu ao menos duas vezes.

Após os 3 a 0 sobre o Atlético de Madri nesta terça-feira, porém, o jogador foi elogiado. Segundo os jornais espanhóis, ele se controlou em campo, marcou bem o forte meio-campo rival e ainda começou a jogada do primeiro gol de Cristiano Ronaldo.

"Casemiro ficou com a bola em todas as disputas com os rivais e não fez tantas faltas bruscas. Deu um passe para o primeiro gol de Cristiano e fez, no geral, uma boa partida", analisou o Mundo Deportivo, de Barcelona.

Também da Catalunha, o Sport disse que "em uma partida em que era preciso correr e pressionar muito no meio-campo, o brasileiro se sentiu em casa". O jornal também elogiou o "trabalho na sombra" do jogador.

Mais crítico, o As, de Madri, criticou os erros de passes: "Esteve melhor nas tarefas defensivas do que nas ofensivas. Estava mais lento na movimentação e perdeu muitas jogadas depois de roubar a bola dos rivais", analisou o jornal.

Marcelo faz o básico: jogou bem de novo

Se Casemiro foi elogiado, Marcelo fez mais um bom jogo. Mas, como afirmou o Mundo Deportivo, isso não é novidade. "Como sempre, esteve mais tempo atacando do que defendendo e tentou aproveitar que o Atlético jogava com Lucaz Hernández improvisado no lado direito. Mais uma vez, foi chave nas jogadas de ataque do Real".

O As foi mais elogioso. "Ele segue em uma fase muito boa e manteve o nível das últimas partidas. Foi um perigo constante por seu lado e, mesmo que algumas vezes isso pudesse representar perigos na defesa, não deu espaços para o Atlético por seu setor".

UOL Cursos Online

Todos os cursos