Cristiano Ronaldo se torna o primeiro a marcar em três finais da Liga

Do UOL, em São Paulo

Os dois gols de Cristiano Ronaldo não só construíram a vitória do Real Madrid sobre a Juventus por 4 a 1 como ainda transformaram o craque português no primeiro jogador a marcar em três finais de Liga dos Campeões da Europa. Além disso, essa noite o presenteou com o 600º gol de sua vitoriosa carreira.

Nas outras duas ocasiões em que deixou seu gol, o camisa 7 também conquistou o título e foi para casa com a taça conhecida como 'Orelhuda': com o Manchester United em 2008 e com o próprio time merengue em 2014.

É bem verdade que o lendário Di Stéfano marcou em cinco finais europeias, mas é importante destacar que a competição tinha outro formato quando o argentino ainda atuava – a Champions usou o nome Copa dos Campeões da Europa até a temporada 1992/1993.

Essa é a quinta final disputada pelo português, que tem um histórico de três títulos e um vice na carreira. Além disso, o gol de Cristiano Ronaldo o colocou acima de Messi como maior goleador da Liga dos Campeões na atual temporada: agora, CR7 tem 12 contra os 11 do argentino do Barcelona.

Pouco depois do gol do craque, que foi o 500º do Real na história do torneio, Mandzukic empatou para a Juventus em uma linda bicicleta.

Posteriormente, Alex Sandro até tentou afastar, mas Casemiro chutou de fora da área e contou com desvio em Khedira para vencer Buffon aos 15 do segundo tempo.

Quando ainda comemorava, o brasileiro viu Cristiano Ronaldo fazer o seu segundo no jogo, o de número 600 da carreira após cruzamento de Modric. Esse gol o colocou na artilharia isolada da Liga dos Campeões, com um a mais que Messi.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos