Final pode deixar Marcelo maior que Roberto Carlos no Real Madrid

João Henrique Marques

Do UOL, em Cardiff (País de Gales)

  • Reprodução (Instagram)

A discussão é recorrente na Espanha. Afinal, Roberto Carlos ou Marcelo: quem é o melhor lateral esquerdo da história do Real Madrid? Qualidades à parte, os brasileiros ostentam números parecidos, mas a vantagem de Marcelo pode ser conquistada neste sábado (03) na final da Liga dos Campeões contra a Juventus, em Cardiff, no País de Gales.

Aqui cabe destacar que o melhor fica como critério subjetivo. Mas o fato é que a possibilidade de conquistar a terceira Liga dos Campeões pelo clube deixa Marcelo igualado a Roberto Carlos no quesito, mas considerado maior por vantagens em outros números.

Em títulos, Marcelo alcançaria o de número 15 no total pelo Real Madrid. Seriam as três Liga dos Campeões, além de quatro títulos do Campeonato Espanhol, duas Copas do Rei, duas Supercopas da Espanha e outras duas da Europa e dois Mundiais de Clubes.

Já Roberto Carlos tem 13 no total. Com quatro títulos espanhóis, três Liga dos Campeões, dois Mundiais, três Supercopas da Espanha e uma da Europa.

Outro aspecto interessante era o recorde de Roberto Carlos quebrado recentemente por Marcelo: o de número de vitórias de um jogador estrangeiro no Real Madrid. Roberto Carlos tem 212, e Marcelo soma 214

Roberto Carlos atuou por 11 anos no Real Madrid, somando 565 partidas, 74 gols, e contribuído com 44 assistências. Já Marcelo, em 10 anos no clube, tem 403 jogos, com 28 gols e 74 assistências.

"O Roberto Carlos tem uma enormidade de gols de falta e virou ídolo em época de jogadores como Ronaldo, Beckham, Zidane. Agora a quantidade de assistências do Marcelo dá o tom de sua importância ofensiva. Sinceramente, acho que cabe bons argumentos para qualquer lado. A discussão é valida", destacou o jornalista esportivo espanhol, Tomás Roncero, do diário As, de Madri.

A terceira Liga dos Campeões de Marcelo ainda poderia ser somada a outros dois títulos logo no início da próxima temporada – as Supercopas da Espanha e da Europa -. Com mais tempo de clube, a discussão de ser maior que Roberto Carlos parece que vai acabar.

"Não aceito ser chamado de melhor. É impossível, porque (Roberto Carlos) foi o melhor de todos os tempos", elogiou Marcelo.

"Dentro de pouco tempo parece claro que ele vai me superar. Mas o importante é essa escola que criamos estar no Real Madrid há mais de 20 anos", comentou Roberto Carlos.

UOL Cursos Online

Todos os cursos