Sinal dos tempos: na Alemanha, Champions passará no "Netflix esportivo'

Do UOL, em São Paulo

  • false

Nesta terça-feira, a Uefa confirmou que os direitos de transmissão da Liga dos Campeões para Alemanha e Áustria foram comprados pela plataforma DAZN. Você pode estar se perguntando porque, no Brasil, você está lendo uma notícia sobre a TV alemã. A resposta é que essa é uma negociação que começa a mudar o jeito como as transmissões esportivas são comercializadas. E em breve pode afetar a sua modalidade preferida.

O DAZN é uma plataforma de vídeos esportivo por demanda, nos moldes da Netflix. Atualmente, usuários de quatro países (Alemanha, Áustria, Japão e Suíça) pagam cerca de dez euros e, com essa assinatura, ganham acesso a mais de quatro mil eventos esportivos ao vivo. Partidas das cinco maiores ligas de futebol da Europa (Alemanha, Espanha, França, Inglaterra e Itália) estão incluídas, assim como a NFL, a NBA e a Fórmula 1.

A compra dos direitos não foi barata. A plataforma pagou 600 milhões de euros (mais de R$ 2 bilhões) pelas próximas temporadas 2018/2019, 2019/2020 e 2020/2021 do maior torneio de clubes da Europa. Isso, apenas, pelos direitos em internet do evento – na Alemanha, por exemplo, a Sky será a dona das transmissões exclusivas para a TV e, com isso, a Champions não será transmitida em canais abertos.

Especialistas da área já trabalham com iniciativas como a da DAZN como o futuro das iniciativas de Pay-per-view no esporte. Como as transmissões são feitas pela internet, o usuário não precisa de cabo ou antena para captar o sinal – é a chamada tecnologia OTT (over-the-top, em inglês).

No Brasil, já existem ações do gênero, incluindo na Champions. O Esporte Interativo, por exemplo, oferece uma assinatura online de seu conteúdo por R$ 14,90 ao mês – e ainda oferece descontos para clientes anuais ou parceiros de determinadas empresas. Nesse pacote (chamado EI Plus), a Liga dos Campeões é a grande atração. O canal tem mais uma temporada em seu acordo atual com a Uefa.

No Campeonato Brasileiro, o canal Premiere, da Globosat e responsável pelo pay-per-view, também oferece aos seus usuários vídeos por demanda e a possibilidade de assistir ao seu time pela internet. O serviço, porém, ainda é um adicional à assinatura via TV a cabo.

É o mesmo caso do Watch ESPN, linkado aos assinantes de cabo do canal, que oferece, além de campeonatos europeus, também jogos da NFL e da NBA – o título do Golden State Warriors, na madrugada de segunda para terça-feira, por exemplo, pode ser assistido via computadores, smartphones, smartTVs e tablets.

Tanto Globo (incluindo TV aberta e canais Globosat), quanto ESPN já mostraram interesse nos direitos de transmissão da Champions para a próxima rodada de negociação.

UOL Cursos Online

Todos os cursos