Senegalês do Liverpool é alvo de ofensas racistas em jogo da Champions

Do UOL, em São Paulo

  • John Sibley/Reuters

O senegalês Sadio Mané foi alvo de ofensas comuns em partidas disputadas na Rússia. Vestindo a camisa do Liverpool nesta terça-feira (26) em duelo da segunda rodada do Grupo F da Liga dos Campeões, o atacante ouvia sons de macacos emitidos das arquibancadas da Otkrytiye Arena, em Moscou, casa do Spartak.

Os incidentes ocorreram desde o primeiro tempo da partida na capital russa. Incomodado, o senegalês pediu que a torcida parasse com a atitude na comemoração do gol de empate do Liverpool, marcado por Philippe Coutinho após uma tabela com Mané. Não adiantou: a torcida manteve o comportamento racista na continuidade do jogo. Jurgen Klopp tirou o atacante de campo aos 26min, substituindo-o por Sturridge.

Usuários do mundo todo repararam na atitude dos torcedores russos e compartilharam o que viram no Twitter. Confira:

UOL Cursos Online

Todos os cursos