Atacante da seleção alemã não suporta barulho de torcida e pede para sair

Do UOL, em São Paulo

Uma cena curiosa aconteceu na partida entre Besiktas e Red Bull Leipzig, pela Liga dos Campeões, em Istambul, na terça. O atacante do Red Bull Timo Werner foi substituído ainda na primeira etapa. Ele se incomodou com o forte barulho provocado pela torcida rival, em jogo disputado na Turquia.

Timo Werner, de 21 anos, defendeu a seleção alemã na Copa das Confederações da Rússia e foi relacionado para compromissos pelas eliminatórias do Mundial. Ele foi especulado no Real Madrid.

Com as mãos nos ouvidos, Werner chegou a pedir protetor auricular. Além de se incomodar com o forte ruído, o jogador do Red Bull alegou problemas de circulação.

O Red Bull perdeu a partida por 2 a 0. Visivelmente contrariado com a postura do atacante, o técnico do Red Bull deixou, Ralph Hasenhuttl, nas entrelinhas que reprovou o pedido do jogador.

"Ele pediu para sair. Então eu tirei ele", disse. "É impossível nos preparamos para uma atmosfera como essa. Houve um barulho ensurdecedor no começo do jogo e isso nos afetou".

"Para mim, como treinador, é importante observar com quem eu posso confiar em momentos como esse, quem está preparado para se defender contra acontecimentos ao longo da partida".

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos