Nada de Jesus ou Firmino. O brasileiro que brilhou na Champions foi Marlos

Do UOL, em São Paulo

  • Sergiy Kozlov/AP

    Marlos foi o destaque do Shakhtar Donetsk com dois gols

    Marlos foi o destaque do Shakhtar Donetsk com dois gols

Para quem está acostumado a ver craques da seleção brasileira brilharem nas rodadas da Liga dos Campeões, a última quarta-feira (1) foi um caso atípico. Os nomes mais badalados do país fizeram jornada discreta, e quem teve a atuação mais decisiva veste, hoje, a camisa de outra seleção: Marlos, ex-São Paulo, que recentemente se naturalizou ucraniano.

O meia-atacante foi determinante na vitória do Shakhtar Donetsk sobre o Feyenoord, por 3 a 1, ao marcar dois gols. O primeiro saiu com uma batida venenosa de perna da entrada da área após uma sobra de bola, e o segundo nasceu após um drible seco e um toque sutil de direita por cima do goleiro. Em um time cheio de brasileiros, como Taison, Bernard, Fred e Dentinho, ele foi o destaque.

Aos 29 anos, Marlos vive o melhor momento da carreira. Desde 2014, no Shakhtar, ele já foi eleito o principal jogador do time no ano passado e tem feito ótima temporada. Em outubro, estreou com a camisa da Ucrânia na vitória por 2 a 0 sobre Kosovo, pelas Eliminatórias Europeias para a Copa de 2018.

Os ucranianos acabaram sem a classificação para o Mundial, mas o Shakhtar segue vivo na Liga dos Campeões. O time tem nove pontos, três a menos que o líder Manchester City no grupo F, e está perto da vaga nas oitavas de final: leva vantagem sobre o Napoli, que tem três pontos, e o Feyenoord, que está zerado.

Selecionáveis fazem rodada discreta

Os principais selecionáveis brasileiros na rodada tiveram atuações sem muito destaque na quarta-feira. Por opção do técnico Pep Guardiola, Gabriel Jesus só entrou nos minutos finais do segundo tempo na vitória do City sobre o Napoli por 4 a 2. Já o volante Fernandinho, o lateral Danilo e o goleiro Ederson foram titulares.

Outro centroavante da seleção, Roberto Firmino foi titular do Liverpool na vitória por 3 a 0 sobre o Maribor. Movimentou-se bastante, participou das jogadas de ataque e sofreu um pênalti após aplicar um belo drible em seu marcador, mas não foi às redes: Salah, Can e Sturridge fizeram os gols do time. Já Philippe Coutinho, recuperando-se de lesão, não jogou.

Por fim, no Real Madrid, o lateral Marcelo e o volante Casemiro foram titulares na derrota por 3 a 1 da equipe espanhola para o Tottenham, em Londres. Ambos foram bem criticados na imprensa espanhola por suas atuações. O resultado deixou os comandados de Zinedine Zidane na segunda posição do grupo H, três pontos atrás da equipe inglesa.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos