France Football diz que zagueiro de Tite é símbolo do fracasso do Monaco

Do UOL, em São Paulo

  • REUTERS/Eric Gaillard

    Jemerson lamenta falha em gol do RB Leipzig sobre o Monaco, pela Liga dos Campeões

    Jemerson lamenta falha em gol do RB Leipzig sobre o Monaco, pela Liga dos Campeões

Menos de um ano após ser a grande surpresa da Liga dos Campeões da temporada passada, revelar Mbappé, Bernardo Silva e Mendy e parar apenas na semifinal contra o Juventus, o Monaco foi eliminado ainda na primeira fase da atual edição da Champions. Nesta terça-feira, a equipe de Leonardo Jardim foi goleada por 4 a 1, em casa, pelo Red Bull Leipzig, da Alemanha, e não tem nem chance de se classificar para a Liga Europa.

Para a France Football, um brasileiro foi a cara do desastre: Jemerson. O zagueiro, que tem sido convocado com frequência por Tite para a seleção brasileira, foi responsável pelos dois primeiros gols dos alemães e teve uma partida desastrosa.

"O Defensor brasileiro é, certamente, o símbolo do naufrágio monegasco. Em três minutos, acabou com todos os sonhos de seu time em competições europeias. Primeiro ao desviar para o seu próprio gol um cruzamento de Sabitzer que não levava perigo. O gol-contra obrigou seus companheiros a correr atrás do placar, então em 1 a 0. O problema é que, 180 segundos depois, ele falhou novamente e seu passe foi interceptado por Kampl, que deu para Werner aumentar o placar", escreveu a revista.

"Além dos dois gols entregues ao adversário, o jogador da seleção brasileira ainda sofreu com os atacantes rivais, sempre nas suas costas, e mostrou nervosismo em algumas jogadas – como na entrada em Poulsen no começo do segundo tempo. A noite foi um pesadelo para ele".

UOL Cursos Online

Todos os cursos