Ingleses se derretem por Coutinho: "de volta a melhor forma" e "fenomenal"

Do UOL, em São Paulo

  • Paul Ellis/AFP

Desde o início da temporada, a grande estrela do Liverpool vem sendo o egípcio Mohamed Salah, autor de 12 gols em 15 jogos na Premier League. Nesta quarta-feira, pela Liga dos Campeões, porém, o time do norte da Inglaterra se lembro que Philippe Coutinho pode ser tão mortal quanto o companheiro.

Com a braçadeira de capitão no braço pela primeira vez, o brasileiro marcou três vezes e comandou a vitória por 7 a 0 do Liverpool sobre o Spartak Moscou pela última rodada da fase de grupo da Champions – o resultado mandou o time de Jurgen Klopp para as oitavas de finais pela primeira vez desde 2009.

A imprensa inglesa se derretou em elogios ao camisa 10. "Coutinho, que marcou um hat-trick em apenas 50 minutos, está de volta ao melhor de sua forma, acabando com o período turbulento que viveu na inter-temporada envolvendo sua saída frustrada para o Barcelona", escreveu o The Sun.

O Mirror, também de Londres, disse que o brasileiro foi mortal para o estilo de jogo de sua equipe. "Quando o Liverpool coloca seu adversário nas cortas, não existe ninguém melhor do que Philippe Coutinho para aumentar o sofrimento rival. Nesta noite, o brasileiro estava elétrico em sua primeira partida como capitão dos Reds. Cada bola que passava por seu pé era um perigo, incluindo jogadas ainda no meio-campo – o que explica o insistente interesse do Barcelona e de outros grandes da Europa em seu futebol".

O Liverpool Echo não poupou adjetivos. "Philippe foi fenomenal, mágico. Um hat-trick para iluminar sua performance – a primeira como capitão do time. Sua bola para Salah rendeu o pênalti que virou seu primeiro gol, o segundo veio de um chute direto e o terceiro, de uma finalização desviada. Ele leva nota 9, mas deveria ser mais para 9,5".

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos