Tottenham tenta romper fronteiras em era moderna da Liga dos Campeões

Do UOL, em São Paulo

  • Mike Hewitt/Getty Images

    Pochettino é uma das figuras por trás do sucesso do Tottenham

    Pochettino é uma das figuras por trás do sucesso do Tottenham

Em quatro anos à frente do Tottenham, o treinador argentino Mauricio Pochettino tem, a partir desta terça-feira (13), a grande oportunidade de levar a equipe londrina um passo adiante no que diz respeito à Liga dos Campeões. Em Turim, diante da Juventus-ITA, abre-se o mata-mata da Liga dos Campeões a partir das 17h45 (de Brasília) e também uma rara chance para os Spurs, como são chamados o time de Pochettino. 

Sem familiaridade com confrontos como o desta terça, o Tottenham tem apenas três participações na história do torneio. Mas, quando esteve lá, alcançou a semifinal na edição de 1962, muito mais enxuta, e as quartas de final, em 2011. A busca agora é por uma campanha que confirme a ascensão progressiva que tomou conta da equipe desde que Pochettino virou o treinador, efetivamente, em 2014. 

"Será muito difícil marcar contra a Juventus, mas vamos tentar, jogando como fizemos até agora, repetindo as atuações que tivemos contra o Manchester United e o Arsenal. Acho a Juventus uma equipe excepcional: não podemos fazer comparações, ganharam tudo e chegaram à final duas vezes nas últimas três temporadas. Somos uma equipe jovem e ainda estamos construindo nosso projeto", declarou o treinador argentino. 

Enfrentar a Juventus, em particular, representa um desafio maior contra uma equipe com a tradição que o Tottenham ainda tenta alcançar nas competições internacionais, já que os italianos têm dois títulos no currículo. Uma prova já foi vencida recentemente, na fase de grupos contra o multi campeão europeu Real Madrid: o Tottenham venceu os espanhóis na Inglaterra e empataram na Espanha. 

No cenário interno, a equipe de Pochettino já tem feito história. O vice-campeonato da última temporada é o melhor resultado na era moderna da Premier League, iniciada em 1992. Nos últimos quatro anos, o Tottenham também é o melhor mandante do futebol inglês e, se não consegue se aproximar do quase absoluto Manchester City na atual temporada, está novamente na briga para repetir o vice.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos