City joga para o gasto, perde para o Basel, mas vai às quartas da Champions

Do UOL, em São Paulo

Com uma atuação preguiçosa, o Manchester City jogou para o gasto e avançou às quartas de final da Liga dos Campeões. O time inglês foi derrotado de virada no Etihad Stadium por 2 a 1 pelo Basel no jogo de volta das oitavas de final da maior competição europeia. Porém, como havia vencido a ida por 4 a 0, a equipe treinada por Pep Guardiola foi à próxima fase com placar agregado de 5 a 2. Gabriel Jesus encerrou jejum de 13 jogos e fez o único dos donos da casa, enquanto Elyonoussi e Lang marcaram pelos visitantes.

Classificado, o Manchester City aguarda agora quem será seu adversário na próxima fase. A definição do rival das quartas de final será um sorteio realizado na sexta-feira da próxima semana (16), após o complemento das oitavas de final nos dias 13 e 14. O evento será em Nyon, na sede da Uefa, e poderá colocar qualquer um dos outros times classificados no caminho do City, sem restrições de países.

Shaun Botterill/Getty Images

Apático, City domina primeiro tempo e leva virada

Como virou rotina nesta temporada, o Manchester City ditou as ações da partida, retendo a posse de bola e pressionando o Basel. O resultado veio rápido, com gol de Gabriel Jesus aos 7min após bela trama entre Sané e Bernardo Silva. No entanto, a equipe de Guardiola mostrou desorganização na defesa, sofrendo o empate aos 16min e vendo o Basel chegar com perigo em rápidos contragolpes no primeiro tempo, que poderiam ter resultado na virada, não fosse Bravo, que realizou uma grande defesa após finalização de Riveros.

A segunda etapa teve um Manchester City menos incisivo, mas mais seguro. Mais apático, o time inglês sofreu a virada aos 26min, após chute forte de Lang dentro da área. Em desvantagem, os anfitriões correram atrás do empate, porém pecaram na objetividade e se contentaram com a derrota.

Gabriel Jesus quebra jejum

Foram 579 minutos e 13 jogos de espera até Gabriel Jesus reencontrar as redes pelo Manchester City. O atacante titular da seleção brasileira de Tite encerrou seu jejum de gols aos 7min do primeiro tempo, abrindo o placar para o Manchester City após receber cruzamento de Bernardo Silva na pequena área. O último gol do camisa 33 havia sido contra o Leicester no dia 18 de novembro de 2017, pelo Campeonato Inglês. De quebra, o centroavante ainda marcou o 100º gol do City na história da Liga dos Campeões.

Apesar do gol, o brasileiro não teve uma jornada das mais inspiradas. Gabriel Jesus destoou dos parceiros de ataque, Sané e Bernardo Silva, por errar dribles e passes. Colocado para fazer pivô em mais de uma ocasião, o centroavante se equivocou ao acionar companheiros em situações com grau de dificuldade mais baixo.

Com poucas chances, Basel joga com dignidade

Derrotado por 4 a 0 em casa no jogo de ida, o Basel não era cotado para vencer o duelo na casa do Manchester City. Apesar da situação adversa, o time suíço se defendeu bem e deu trabalho ao time misto escalado por Pep Guardiola. Depois de sair atrás no marcador, o Basel reagiu rapidamente com Elyonoussi, que empatou aos 17min após receber livre na marca do pênalti e fuzilar nas redes de Bravo. Mais objetivo no segundo tempo, o time suíço foi atrás da virada e a alcançou com Lang.

Claudio Bravo, ousado e alegre

Questionado desde que foi contratado do Barcelona, o goleiro Claudio Bravo mostrou em campo porque o técnico Pep Guardiola quis trazê-lo para Inglaterra. O chileno foi peça-chave na saída de bola do Manchester City, trabalhando bastante com os pés e mostrando intimidade com a bola: aos 40min, o camisa 1 interceptou um lançamento com um domínio de peito e aplicou um chapéu em um marcador adversário. Um detalhe é que o lance ocorreu na frente da meia-lua. Titular do time normalmente, o brasileiro Éderson aprovou o drible, pois foi flagrado sorrindo do banco de reservas.

Laurence Griffiths/Getty Images
Bravo aplica chapéu na marcação

Ficha técnica

Manchester City 1 x 2 Basel

Local: Etihad Stadium, em Manchester (Inglaterra)
Data: 7 de março de 2018
Hora: 16h45 (de Brasília)
Gols: Gabriel Jesus, 7' 1ºT (Manchester City); Elyonoussi, 16' 1ºT, Lang, 26' 2ºT (Basel)

Manchester City: Claudio Bravo, Danilo, Stones, Laporte e Zinchenko; Gündogan (Díaz), Toure e Foden (Adarabioyo); Bernardo Silva, Gabriel Jesus e Sané. Técnico: Pep Guardiola

Basel: Vaclik, Suchy, Frei e Lacroix; Lang, Serey Die, Zuffi e Riveros; Bua (Stocker), Oberlin (Van Wolfswinkel) e Elyonoussi. Técnico: Raphaël Wicky.

UOL Cursos Online

Todos os cursos