Deus, colossal, rei... espanhóis exaltam noite de Messi contra Chelsea

Do UOL, em São Paulo

  • AP

Os espanhóis não seguraram as hipérboles para descrever a grande noite de Messi contra o Chelsea, no jogo de volta das oitavas de final da Liga dos Campeões. Autor de dois gols, mais uma assistência na vitória por 3 a 0 no Camp Nou, o craque argentino foi chamado de Deus, rei e teve sai atuação qualificada como colossal e recital pela imprensa local.

O "Sport", da Catalunha, foi o mais exaltado: "Barça às quartas graças a D10S", uma alusão ao camisa 10. A publicação destacou que o jogador precisou de dois minutos para desequilibrar e encaminhar a classificação do Barcelona, que havia empatado por 1 a 1 na ida, em Londres.

O termo Deus também foi usado pelo "Marca", que registrou o jogo com a manchete "Deus salve ao rei". O jornal destacou a boa partida coletiva do Barcelona, com participações importantes de Iniesta, Dembélé e Suárez, porém afirmou que Messi foi o fator que fez a diferença no confronto.

O "As" destacou a "excelência" de Messi diante dos ingleses, porém apontou falhas do Chelsea no ataque e defesa. O clube londrino "presenteou" o Barcelona na defesa e "perdoou" Ter Stegen quando buscou o gol.

Já o "Mundo Deportivo" se rendeu a um "Messi colossal", que fez dois gols e deu outro a Dembélé para celebrar o nascimento de Ciro, terceiro filho do craque argentino. O jornal catalão exaltou o fato de Messi nunca ter feito gols contra o Chelsea até este confronto nas oitavas de final, no qual anotou um na partida de ida e dois na volta, assegurando a classificação do Barcelona às quartas de final.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos